quarta-feira, 30 de abril de 2014

HAARP: Arma escalar secreta ?

HAARP: Um projeto militar dos EUA que pode ser uma arma geofísica e escalar?

O Projeto HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program) seria uma nova transição na indústria bélica, que já passou pelas fases de utilização das armas brancas, depois armas de fogo, as armas nucleares, armas biológicas e bacteriológicas, para então chegar ao patamar de armas geofísicas e escalares.


Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

HAARP Tecnologia 2,0 destruindo o nosso meio ambiente?

Fontes: http://www.haarp.alaska.edu e http://www.activistpost.com

Segundo estas teorias, seria possível controlar a movimentação das placas tectônicas (e assim criar terremotos), a temperatura atmosférica e até mesmo o nível de radiação que passa pela camada de ozônio.

Peter A. Kirby Activist Post

Elas seriam versões miniaturizadas do maior aquecedor ionosférico do mundoo HAARP-High Frequency Active Auroral Research Program, antenas do “Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência” instaladas em torno de nós e podendo modificar o CLIMA?

Teriam esses geradores de Alta Frequência eletromagnéticas sido instalados sobre linhas de falhas geológicas ao longo das Placas Tectônicas principais esperando serem usadas para desencadearem terremotos? Será que nossos militares (EUA) desenvolveram uma super arma que pode vaporizar cidades inteiras com relâmpagos refletidos da ionosfera? Há evidências de que a tecnologia existe e está sendo implantada e usada.



Desde meados de 1995, quando o livro seminal publicado pelo Dr. Nick Begich e Jeane Manning “Angels Don’t Play this HAARP” (Os Anjos Não Tocam esta Harpa) foi lançado, o inventor do putativo HAARP, Dr. Bernard Eastlund, especulou que é “perfeitamente possível” que essa tecnologia já havia sido até mesmo miniaturizada.

A Aviation Week relatou em 2008 que uma versão aérea do dispositivo HAARP havia sido desenvolvida, que é rebocado “por detrás de um helicóptero.” A Estação de radar banda X (SBX) baseada no mar em plataforma flutuante utiliza a tecnologia HAARP. Aqui está a listagem delas: Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Sea-based_X-band_Radar

Pequenas estações HAARP modificando o clima local?

Cientistas da Universidade da Califórnia em Los Angeles e do High Power Auroral Stimulation (HIPAS) Observatory no Alasca (Observatório no Alasca de Estimulação Auroral de Alta Potência) tenha montado uma nova geração de aquecedores ionosféricos. Essa tecnologia, conhecida como “antenas hertzianas, pode … igualar ou exceder a potência de pico do novo sistema HAARP por uma fração do seu custo.”



{n.T. Ao lado: Sea-Based X-Band Radar (SBX) é uma estação móvel de radar flutuante, auto-propelida, projetada para operar em ventos fortes e mar agitado. Ela faz parte (o que é alegado pelas forças armadas dos EUA) do sistema de defesa anti mísseis do Departamento de Defesa dos EUA – Ballistic Missile Defense System.

O Sea-Based X-Band Radar é montada em um casco de plataformas gêmeas CS-50 twin- de perfuração semi-submersível de quinta geração, projeto norueguês, de fabricação russa.}

Embora a maioria das implementações não sejam capazes de produzir todos os complexos sinais potentes e faseados produzidos por instalações como as do HAARP em Gakona, no Alasca ou o arranjo de antenas em Jicamarca, no Peru. Uma antena hertziana eficaz poderia caber em um quintal de bom tamanho.

Teriam essas novas antenas hertzianas sido colocadas estrategicamente ao redor do país e do mundo em um esforço coordenado para modificar o clima global? Os Aquecedores ionosféricos tais como estes do HAARP podem ser ligados em rede e sincronizados para aumentar a sua funcionalidade e eficácia.

Hoje operações de aquecimento ionosférico e modificação do clima pode envolver uma rede de pequenas antenas hertzianas escondida nos terrenos de trás de estabelecimentos científicos de nossa nação e / ou colocados (como discutido na próxima seção) em locais de estações meteorológicas comuns, disfarçados de sistemas de irrigação. Todas essas antenas poderiam ser controlados a partir de um local central, como o Lawrence Livermore National Laboratory.



Alterações nos padrões climáticos podem ser o testemunho do uso de tecnologia do HAARP.

Este cenário proposto não concorda com os cientistas da instalação HAARP que dizem que sua antena matriz aquecedora da ionosfera é em grande parte não utilizada. Se uma rede de antenas menores em todo o país está fazendo o trabalho sujo do dia-a-dia, então a matriz de antenas HAARP só pode ser usado ocasionalmente para grandes trabalhos, como o terremoto no Japão ou o furacão Sandy em New York.

Geradores EMF-Eletro Magnetic Field-Geradores de Campo Eletromagnético estariam sendo instalados nas linhas de falhas geológicas de placas tectônicas e terremotos? Esta imagem abaixo foi capturada do Google Earth:



Geradores EMF-Eletro Magnetic Field-Geradores de Campo Eletromagnético estariam sendo instalados nas linhas de falhas geológicas de placas tectônicas e terremotos

Esta imagem acima, à primeira vista, parece ser de um círculo formado por um sistema de irrigação por pivô central. Esses círculos aparecem por todo o país na medida que este método de irrigação (por pivô central) é muito prevalente. Mas, como você pode ver, as bordas do círculo são irregulares e não parecem ser estruturas em forma de diamante sob o solo.

Qual a explicação para essas irregularidades? Um especialista na área de energia eletromagnética, que deseja permanecer anônimo, me disse que esta pode ser uma antena emissora eletromagnética (VLF) instalada sobre uma linha de falha geológica. Ela pode ser utilizada em conjunto com outras estruturas similares para desencadear um grande terremoto. O ganho financeiro e político pode ser alcançado através de desastres como terremotos.



Instalações do HAARP em Gakona, no isolado, gelado e distante Alasca.

No mercado de resseguro de catástrofes, alguém pode fazer um monte de dinheiro com conhecimento antecipado de um grande desastre. Os governos sabidamente ganham mais poder através de declarações de emergência devido à catástrofes e os esforços subseqüentes de ‘ajuda ao afetados pelo mesmo’.

A “Luz dos deuses”: O meu informante também mencionou a pesquisa atual sobre como os aquecedores ionosféricos como o HAARP poderia ser usado em combinação para criar caminhos de ionização da atmosfera que podem ser usados como uma arma de raio capaz de destruir completamente os indivíduos (um exército) ou vastas regiões. Talvez o propósito original da Raytheon é de apenas obter este tipo de arma.Ray (raio) theon (Deuses), Raytheon, significa “luz dos deuses” e esta empresa adquiriu a E-Systems, a empresa que construiu e desenvolveu o Projeto HAARP.

A Dra. Judy Wood, em seu livro Where Did the Towers Go? (sobre a queda das Torres Gêmeas do World Trade Center em N. York em 11 de setembro de 2001), documenta que foram queimados cerca de 1.400 carros até um quilômetro de distância do ponto zero (onde se situava os prédios do WTC). Nada mais foi danificado na mesma área. As árvores ainda tinham as suas folhas lhes cobrindo os galhos. Havia resmas de folhas de papel não queimados. Que nenhum ser humano havia sido queimado; mas que todos eles estavam cobertos de cinzas (após a queda das duas torres).



Várias antenas que pertenceriam ao projeto HAARP instaladas em diferentes locais no planeta.

A coisa excepcional sobre a destruição dos carros no local, diz ela, foi o fato de que eles não estavam aterrados (devido aos pneus de borracha), enquanto tudo o mais estava. Teria sido usado algum tipo de arma eletromagnética em New York em 11 de setembro de 2001, que derrubaram as duas torres do WTC? Se assim foi, como os homens das cavernas (os alegados “terroristas islâmicos) do Afeganistão conseguiram uma arma destas?

Fonte: http://thoth3126.com.br/haarp-um-projeto-militar-dos-eua-que-pode-ser-uma-arma-geofisica/

domingo, 27 de abril de 2014

Aliens, Rússia, NASA e Pat Robertson advertem que a Terra será atingida por asteroides, em um evento de extinção no futuro

 
Recentemente no noticiário, Pat Robertson previu que a Terra será atingida por um asteroide enorme.
As pessoas riem dele porque ele é um homem religioso, mas ele não está longe da verdade sobre o que realmente está por vir.
A NASA tem vindo a anunciar esta semana que é só uma questão de pura sorte que a Terra não foi atingida por um grande problema ainda.
Também cientistas russos advertiram que asteróide Apophis (350 metros) em 2029 tem uma alta probabilidade de acertar a terra com 1 em 30 chances.


 
Se não nos atingiu, ele ainda tem uma chance de impactar em 2036.
Na década de 1970, um homem foi abduzido por alienígenas e levado para um nave.
Esta pessoa estava morando em Porto Rico no momento e disse que viu outras pessoas que foram tiradas da da Terra.


 
E ficaram na sala para assistir a uma apresentação que os alienígenas queriam que eles vissem.
Essas pessoas raptadas por alienígenas foram mostrados imagens holográficas como projeções.
Este holograma mostrou um meteoro ou rocha iria cair na Terra em um futuro próximo (1:15 min em vídeo). Este é um suposto meteoro que vai cair na área de Puerto Rico-ilha das Caraíbas.
É apenas uma questão de tempo antes que um asteróide de + de 1 km tamanho atinja a Terra
Eu não estou tentando assustar as pessoas, eu só estou indicando os fatos.
Por que Aliens advertem muitas pessoas sobre uma vinda catástrofe com um asteroide?
Porque eles podem estar tentando mudar o futuro por nós alertando e preparando-nos para mudar o curso dos acontecimentos futuros.
Por que a F.E.M.A continua comprando caixões e suprimentos, estocando mantimentos em bases subterrâneas?
Vários campos de concentração sendo criados, por que toda esta Movimentação?


 
FEMA: Campos de concentração espalhados por todos os estados americanos.
Caixões, trailers e comboios ferroviários de vagões especiais.
Qual a Finalidade disto tudo?
Mais um post by: UFOS ONLINE
 
Veja os vídeos abaixo:
 
 
 
 
 
 
Fonte: http://ufosonline.blogspot.pt/2014/04/aliens-russia-nasa-e-pat-robertson.html

O efeito da droga crocodilo (Krokodil)


Chocante que mostra uma mulher sob a influência da droga Krokodil
Um vídeo chocante que mostra uma mulher sob a influência da droga Krokodil, também conhecido como a "substância dos zumbis", por causa do jeito que ela deixa as pessoas. Krokodil é uma droga sintética criada a partir de ingredientes altamente tóxicos, três vezes mais letal que a heroína e vinte vezes mais letal e barato do que ela.




 


KROKODIL- A DROGA ZUMBI, QUE APODRECE A PESSOA VIVA
KROKODIL A DROGA ZUMBI, QUE APODRECE A PESSOA VIVA!
A DROGA APOCALIPTICA DA NOVA ORDEM MUNDIAL

Isso é um alerta aos brasileiros ,as autoridades de bem do Brasil
Pois o cracke além ser uma praga ainda tem essa droga já antiga chamada Krokodil
Que seu resultado é decompor o corpo, correi pele e musculos, alma e espírito "



















Fontes: andresweet03.blogspot.com.br/2013/11/krokodil-droga-que-apodrece-pessoa-viva.html
www.youtube.com

Ventilação hélio em Yellowstone e avisos importantes sobre a actividade vulcânica


Ventilação Hélio em Yellowstone e avisos importantes sobre a Actividade vulcânica ! videos .. Por favor, clique aqui para se inscrever em meu canal .. Mais informações em links: Chile.

Assinar Últimas sobre YELLOWSTONE SUPER VULCÃO / TERREMOTOS / BREAKING NEWS / NOVA ORDEM MUNDIAL YELLOWSTONE SUPER vulcão.

notícias Todos os artigos de notícias , incluindo imagens e / ou vídeos exibidos são de propriedade de seus proprietários respeitados e utilizado de acordo com o Fair Use doutrina .

Se Yellowstone poderiam falar , pode chiar. Responsabilize o Hélio Altamente citados - NPR (blog) - 20 de fevereiro de 2014 Yellowstone Liberando Antiga Hélio, Cientistas descobrem I.

Os cientistas relatam que Parque Nacional de Yellowstone está liberando cerca de 60 toneladas de hélio de um ano. Os cientistas relatam que Parque Nacional de Yellowstone está lançando um .

Veja links abaixo hélio Antiga subindo para a superfície em Yellowstone National Park A crosta Yellowstone é um dos mais antigos na Terra, e para a maioria de seu oi .

Amigos , aqui é o capitão Bill , falando por mim e não para mítico . Neste 01 de abril as notícias não são muito agradáveis ​​. Como você está observando , a pressão é increasi .

Por atlanticobr Oi Amigos, Capitão Bill novamente . Nos quatro primeiros dias deste mês de abril o planeta mostrado que ele está acordando de fato . Esperemos que o resto o.

Os cientistas que estudam fenômenos geológicos dizem que não é possível prever quando o vulcão Super nas profundezas subterrâneas do Parque Nacional de Yellowstone vai.

UM PARA O REGISTRO 04 de março de 2014 5 Criei este vídeo com o Editor de Vídeo do YouTube ( vídeo é para fins educacionais ON.

Será que os animais percebem que vulcão Yellowstone National Park Super está começando a mostrar sinais de erupção também ..

Vulcão Yellowstone : você não terá nenhum aviso .

Para mais informações e fotos, CLIQUE AQUI: Devido à atividade recente terremoto , assim como outras notícias, tais como relatórios de um animal em massa.

Um terremoto que registrou 4.8 na escala Richter atingiu o marco nacional preservar a vida selvagem do Parque Nacional de Yellowstone. O tamanho do panick explosão .

Yellowstone Bison em execução: Yellowstone Super Erupção do vulcão ?

Ouça qualquer bisonte bobo -som ultimamente?

Forte M Classe alargamento . Solar, Quake e links Tempo @ .

Para informações mais exclusivo na área UFO ZONA 51 & UFOs : . Para informações mais exclusivo na área UFO ZONA 51 & UFOs : . Tem havido muito poucos.

4 novos alertas vulcânicos e 11 eventos eruptivos em curso para março de 2014. Sua poderia ser outros vulcões não listados aqui que pode entrar em erupção a qualquer momento, ou são eruptin .

animais desencadear medos supervolcano em Yellowstone Bison fugindo Yellowstone erupção do vulcão Yellowstone animais fugindo temores de ignição de erupção vulcânica Yello .

Yellowstone Terremoto Just Before México Quake 18 de abril de 2014

Leia a história completa :

Leia a história completa : Mateus 24:7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes , e pestes , e ( earthquake.

Havaí vulcão erupção : vídeo aéreo impressionante de rios de lava Kilauea 2014 Confira esta muito recente atividade nova do Havaí do .
Categoria
Notícias e Politica
Fonte: www.youtube.com/watch?v=fYb6yRo4ac8

sábado, 26 de abril de 2014

Vulcão Yellowstone poderá provocar fim do mundo

vulção Yellowstone


Nos EUA está cada mais ativo o vulcão Yellowstone, cotado como um dos mais potentes na Terra.  
Desde 28 de março foram registados 25 abalos, tendo o último tremor bem forte, com uma magnitude de 4,5 pontos, ocorrido em 30 de março. 
O parque nacional do mesmo nome está sendo abandonado por animais que parecem estar pressentindo a iminência de um perigo real. De notar que a temperatura de água nos lagos locais também evidenciou uma progressiva subida, o que indica a chegada do magma. 
Os cientistas acreditam que uma erupção do Yellowstone poderá ser equiparada ao cataclismo que aconteceu nos alvores da vida no nosso planeta. 
Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_04_02/Vulc-o-Yellowstone-poder-provocar-fim-do-mundo-3332/.UzzDZBH__Us.gmail

Eclipse do dia 29 de Abril 2014 vai Transformar o Sol em um "Anel de fogo"


O encantador eclipse total só pode ser visto a partir de algumas áreas do mundo, incluindo Austrália e Antártida. Vai ser um espetáculo extraordinário, em que o sol se tornará um enorme anel de fogo Provavelmente, o primeiro a ver serão os pinguins, no máximo você vai ver a partir de uma região remota da Antártida chamada Wilkes Land. Apenas a Indonésia e a Austrália irão ser espectadores privilegiados, mas não todo o evento.



Estamos falando de um eclipse solar total agendado para terça-feira 29 de Abril. Embora os eclipses lunares ocorram apenas na lua cheia, o Sol só ocorrem durante a lua nova (assim vimos a "lua vermelha" durante o eclipse de 15 de Abril), mas os dois eventos estão conectados.
Normalmente, de fato, um eclipse solar ocorre durante a lua nova após o eclipse da lua. O eclipse na terça-feira será um eclipse total do tipo anular, ou seja, aqueles que ocorrem quando a Lua está em sua maior distância da Terra e parece muito pequena para cobrir completamente a superfície do sol. O efeito que sai é um anel incrível de fogo ao longo dos contornos da lua. O único lugar no mundo onde o eclipse será visível do início ao fim é uma pequena área na Antártida, onde ninguém habita.
No entanto, as fases parciais do eclipse será visível em outro lugar.
A maioria dessas áreas são encontrados no mar, mas para aqueles que estarão na Austrália, o show está garantido. Em vez disso, você terá a melhor visibilidade na Tasmânia. Especialistas lembram que a observação de eclipses solares, especialmente parcial, pode ser perigoso para a vista, porque em nenhum momento o sol está completamente coberta pela lua. O caminho certo para ver um eclipse solar é projetar a imagem usando um telescópio ou usar um filtro apropriado.

Fonte: http://ufosonline.blogspot.com.br/2014/04/eclipse-do-dia-29-de-abril-2014-vai.html

A Ameaça Alienígena – Adolescentes e adultos híbridos

A Ameaça Alienígena, adolescentes e adultos Híbridos

A Ameaça Alienígena, um relatório Secreto dos Objetivos e dos planos alienígenas. Livro de David M. Jacobs.

Quando os híbridos chegam à adolescência, os alienígenas lhes dão novas tarefas e responsabilidades no programa de abdução. Embora aprendam dos humanos, eles agora começam a interagir mais com as abduzidas no plano social e sexual.

O uso que os alienígenas fazem dos híbridos adultos demonstra o objetivo do programa de cruzamento. Os adultos híbridos assumem funções complexas dentro do programa de abdução, como as dos adolescentes, às vezes envolvendo relações sexuais com as abduzidas. Mas os adultos têm interações com os humanos que vão muito além disso.

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

A AMEAÇA ALIENÍGENA – Relatório Secreto, Objetivo e os planos dos Alienígenas. Livro de David M. Jacobs.

Capítulo 09 – As espécies híbridas – adolescentes e adultos

Adolescentes

Quando os híbridos chegam à adolescência, os alienígenas começam a lhes dar tarefas para realizar. Eles às vezes ajudam a localizar as abduzidas e a retirá-las do seu ambiente normal, ajudam em alguns procedimentos e acompanham as abduzidas em seus locais de estadia. Seu trabalho vai de serviços braçais à ajuda dos Greys em funções especiais. De fato, eles se tornam “aprendizes” dos pequenos alienígenas (Greys) cinzentos. Apesar de os adolescentes “trabalharem”, eles são jovens e, diversamente dos alienígenas, se divertem. Susan Steiner narrou suas experiências com um adolescente híbrido que tinha uma espécie de “jogo”. O menino, com quinze anos, acompanhou-a a salas diferentes, mas num dado momento sentou-se para jogar com a máquina.



Não. Não está acontecendo nada. Então ele a toma da minha mão, aperta um botão, dá de volta para mim e eu devo apertar o mesmo botão. Aperto o botão e ele o aperta de volta. Então ele aperta um botão e eu tenho de apertar o botão. Isso dura algum tempo; então ele me dá e eu aperto o botão e há aquele flash. Você quer dizer que o flash vem da própria caixa?
Ele somente sorriu para mim, passou a mão no meu braço e pegou no meu pulso, e eu de certo modo gosto dele, pois estou feliz de vê-lo… E há aquela coisa debaixo do braço, uma maquininha que ele dá para mim… É uma coisa muito maravilhosa e fico muito alegre porque ele me deu essa coisa…

E na hora em que eu pego naquela coisa é como se mergulhasse no chão, você sabe como é. Acho que gosto de ficar brincando com aquilo, porque posso ver que ele quer que eu brinque. Estou pensando: “Oh!, bem. Eu vou brincar com isso, embora não saiba o que é nem o que estou fazendo.” Aí fico apertando uns botões na maquineta e recebo dele um sentimento de que devo saber o que é, porque já vi isso antes. Você disse que havia uma espécie de luminescência verde vindo da máquina? É um diodo que emite luz ou coisa parecida. Talvez fosse uma coisa fina como um lápis, o centro da parte de metal. Ele dá para mim, e bem, eu primeiro olho para ela.

Estou olhando e pensando: “O que é isso? Será que é estéreo? Será que ele pegou o (aparelho de som) estéreo?” Então percebo que não é um estéreo. Aí eu fico apertando todos os botões. Estou sentada com as pernas cruzadas – e vou colocar amaquineta nos meus joelhos e ficar apertando todos os botões, tentando ver se acontece alguma coisa, como mexer num display de cristal líquido. Sim, parece que toda a caixa explode num flash… e eu a deixo cair porque tenho medo. Acho que é elétrico. Quer dizer que você a deixou cair no chão? Sim. Ele parece se divertir com eu ter deixado a caixa cair porque estava com medo. Ele acha engraçado… acha divertido… quase acha engraçado.

Ele sorriu? Ou você somente tem a impressão de que ele acha engraçado? Eu vejo um sorriso e tenho essa impressão, mas ele não sorri do jeito que a gente sorri. Tenho a impressão de que é como se ele estivesse sorrindo, mas ele não sorri como uma criança sorri. A boca se curva um pouco no sorriso. Aí eu acho que há três outros seres no quarto. E eles parecem mais sérios que os outros e estou com um pouco de medo deles. Eles parecem muito severos e diferentes daqueles que eu vi na sala de operações e estão nos observando enquanto conversamos… Olham para mim muito sérios, olham bem duro para mim. Estou com um pouco de medo, mas quando o menino toca no meu ombro não sinto mais medo… Ele tenta dirigir minha atenção de volta para o brinquedo, aquela coisa, não sei o que é. Aí não estou mais prestando atenção neles, estou brincando com aquela caixa de metal de novo.

Quer dizer que você voltou a apertar os botões? E você consegue fazer alguma coisa de diferente acontecer? Hum, hum. Você apertou os botões com ele numa seqüência? Você aperta, ele aperta, você aperta, ele aperta, ou está fazendo sozinha? Sim, estamos fazendo assim. Ele aperta um botão e me devolve. Aperto um botão e ele aperta um botão, aperta um botão, ele está olhando. Mas não acontece nada. Nenhum flash como da outra vez. E não vai fazer outro flash? Não. Eu estou ficando meio frustrada. O menino pensa que é engraçado eu estar frustrada. Então ele pensa que é divertido também?

Sim, ele parece se divertir, pois não consigo descobrir o que é isso. Ai eu pego essa coisa e me vem, eu não sei, alguma comunicação do garoto, mas eu não consigo descobrir o que é – como ele pode compreender por que eu não estou entendendo? Como ele sabe que eu não consigo entender o jogo? Eu não sei. Você sente que ele sabe que está confusa? Sim. É como se não fosse um sentido de superioridade, mas é uma comunicação de: “Bem, eu não esperaria que você compreendesse.» Aquele tipo de coisa.

Os híbridos de estágio avançado demonstram um forte instinto sexual e muitas vezes começam sua atividade sexual na adolescência. Quando Kathleen Morrison tinha oito anos, um híbrido de 16 anos, que ela reencontraria durante a sua vida inteira, começou o que claramente parecia uma atividade de masturbação com ela. Primeiro ele a colocou no colo e ficou se esfregando nela, enquanto lhe induzia sentimentos sexuais através de um procedimento de encarar seus olhos. Kathleen se lembra do episódio do ponto de vista de uma garota de oito anos. Ele já fez isso antes? … Sim, quando ficamos juntos, bem quietos. Geralmente, quando eu estou sentada no colo dele. Estou sentada nas pernas dele, aí monto numa das pernas e fico olhando para ele. Aí ele me dá abraços maravilhosos. Depois ele olha para mim e eu me sinto diferente… Ele diz que gosta que eu sente nas suas pernas e fique bem junto a ele. …



Que idade você tem…? Talvez oito ou nove. A gente não faz isso todas as vezes. Só de vez em quando. Quando está tudo quieto e estamos sozinhos. Ele gosta muito de se esfregar no meu corpo. Ele normalmente tem algum tipo de roupa quando você o vê? Nem sempre. Às vezes ele não tem muita roupa. Quer dizer que, quando ele não tem muita roupa, significa que está completamente nu? Às vezes. Quando você está sentada no colo dele, o que ele faz, quando não está vestido? Ele levanta os joelhos e eu monto em cima das pernas dele. E as pernas dele estão assim e eu me sento ali e me encosto nelas, ele me abraça, e às vezes respira bem forte. Mas sempre faz com que eu saia. Ele faz você sair? Eu sempre tenho de sair das suas pernas. Eu mais ou menos me sento do lado e entro mais ou menos em “coma” ou alguma coisa assim. Quando ele esta respirando assim, muito forte, diz que é para eu sair do seu colo.

Os adolescentes híbridos são encorajados a ter relações sexuais com as abduzidas.Christine Kennedy contou um incidente em que, depois de uma varredura cerebral, teve de ficar em cima de um adolescente híbrido que estava reclinado num colchonete no chão. O jovem híbrido, que parecia ter 15 anos, começou a ter relações sexuais com ela. Ela ficou muito zangada e pensou que estava sendo usada somente para satisfazer as suas necessidades. Eu me sinto como um “doce” que fosse jogado em cima desse filho da puta… Quais são as suas reações? Quer dizer, o que ele faz com os braços? Você está deitada ao lado dele, ou…? Não, seus braços estão me apertando bem forte. Eu não posso me mexer. Minha cabeça está encostada no ombro dele. Estou olhando para o espaço. É como… sinto que desmaiei.

Eu sinto que não sou nenhuma parte do meu corpo. … Você pensa que eles estão fazendo isso com intenções reprodutivas ou com outras intenções? Qual é sua opinião sobre isso? Eu não diria que é para reprodução – não quando ele vem para mim, porque eu fiz ligadura de trompas. Algumas abduzidas sentem que a relação sexual com adolescentes é quase uma sessão de “treinamento” com o híbrido para o futuro. Em algumas ocasiões, um adulto híbrido dirige ativamente o adolescente em como ter relações sexuais com uma abduzida. O adolescente híbrido aprende com essas experiências e assim terá um comportamento sexual mais ativo quando for adulto.

A vida de um adulto híbrido

Quando os híbridos se tornam adultos, suas responsabilidades aumentam e, de acordo com os relatos das abduzidas, ficam mais envolvidos na rotina da abdução. Embora ainda sejam “assistentes”, numa posição subalterna, alguns adultos híbridos realizam toda a gama de procedimentos físicos, mentais e reprodutivos. Eles trabalham ao lado dos alienígenas (Greys) cinzentos – e se tornam companheiros trabalhando para o objetivo comum. Nos últimos anos, as abduzidas têm relatado eventos nos quais os híbridos realizam abduções completas, sem nenhum cinzento em evidência.

Algumas abduzidas preferem estar com os híbridos a estar com os cinzentos. Para elas, os híbridos oferecem o conforto da familiaridade humana. Outras acham que os híbridos de estágio avançado metem medo e preferem os alienígenas cinzentos, que são mais previsíveis. Os cinzentos agem de acordo com um sistema bem definido, e com o passar do tempo muitas abduzidas terminam se sentindo confortáveis com eles. Na maioria das vezes, os híbridos agem como os Greys: concentrados nas tarefas, eficientes e clínicos. Mas a sua presença traz uma nota de emocionalidade e imprevisibilidade. Sua própria humanidade quase os faz se sentirem participantes de um crime envolvendo o seqüestro de homens e mulheres.

Muitas mulheres se sentem emocionalmente vulneráveis perto dos híbridos de estágio avançado. Allison Reed é quem melhor define, quando diz: Parece loucura, mas me sinto mais confortável com os pequenos caras (Greys) cinzentos do que quando estou sozinha com esses que parecem gente (híbridos)… Eles não têm aquela compaixão, eu não a sinto. Eu não sei se eles são alguma coisa como seres humanos. Talvez por isso é que tenha medo, porque os seres humanos podem ser muito cruéis. Enquanto os caras cinzentos fazem o seu trabalho, não querem machucar você e não querem também, sabe como é, dar beijos e fazer amor. Eles são de certa forma mais ou menos neutros. Mas os seres humanos (híbridos) podem ser muito cruéis.

Pouco se conhece da vida pessoal dos híbridos, mas alguns dos testemunhos mais sugestivos vêm da abdução de Allison, que durou quatro dias e meio e fornece uma rara oportunidade de observar certos aspectos do dia a-dia da vida de um híbrido. Suas experiências revelam que os híbridos têm uma rotina de limpeza; lavam-se juntos e verificam uns aos outros em problemas de saúde. Em um dado momento, um acompanhante alienígena levou Allison para um quarto onde eles deviam se limpar e se arrumar. Muitos híbridos masculinos e femininos, entre 18 e 30 anos, estavam nus no quarto. Allison, acompanhada por uma híbrida fêmea de 18 anos, e outros híbridos, caminharam em fila para uma zona de “chuveiros”. Eles ficaram em pé na frente de jatos na parede que esparziam uma névoa fina que secava ao contato. Os jatos eram lançados mais ou menos na altura do tórax.



Allison estirou-se lentamente para que o jato se espalhasse por todo o seu corpo. Ela teve a impressão de que o jato, de certa forma, não só limpava como também protegia sua pele. Depois do chuveiro, ela e os demais foram para uma área central no meio da sala. Os híbridos se dividiram em pares e começaram a se enxugar e a se examinar. A adolescente híbrida examinou-a e mostrou a Allison como examiná-la – Allison teve de olhar o cabelo da híbrida, atrás do pescoço, nos olhos; teve de baixar as pálpebras inferiores e verificar manchas vermelhas em cada olho. A adolescente disse-lhe que os híbridos são vulneráveis a assaduras nas axilas e Allison teve de examiná-la naquele lugar. A adolescente híbrida tinha cabelo “macio”, pálpebras rosadas (sem manchas vermelhas), sem cílios, e pele esticada.

Seu corpo era longilínio e magro, sem quadris. Lembrou a Allison a figura de desenho animado Bambi. Depois do exame, cada híbrido cortou as unhas dos pés do outro. Allison não teve de fazê-la porque a adolescente que estava com ela não tinha unhas nem nas mãos nem nos pés. Finalmente, ela e a híbrida escovaram os cabelos uma da outra com um instrumento semelhante a uma escova. A híbrida foi para uma outra área pegar suas roupas – uma camisola branca. Ela a pegou em um escaninho, uma espécie de armário cilíndrico, e Allison ajudou-a a se vestir. Pouco tempo depois, a companheira de Allison levou-a para um grande dormitório. Os híbridos estavam dormindo em beliches, suspensos no ar por cabos presos ao teto. A cena era uma reminiscência do filme Coma.

Susan Steiner também viu um dormitório de híbridos. Havia camas do tipo beliches arrumadas em grupos de três. Podia ser muito grande (como o hangar de um aeroporto). Eu não posso ver tudo porque há divisórias. Há áreas que estão divididas e há aquelas camas beliches por toda parte, e há gente nas camas beliches… parecem embutidas na parede e parece que há três de cada vez, uma sobre a outra. E a sala é mais ou menos dividida. Aí eu posso ver, é como se fossem áreas. Em cada lado da parede há beliches embutidos. Então tem um monte deles. Você está dizendo que há grupos de três? É, são beliches com três camas. E talvez… são divididos em fileiras e há esses beliches embutidos nos lados opostos da parede e deve haver outros. Eu não posso ver o que há do outro lado da divisória, mas a impressão é que há outros do mesmo jeito. Como tudo parece a mesma coisa, é um ambiente muito homogêneo.

Os híbridos adultos parecem ter uma vida semelhante à dos seres humanos, embora tudo indique que eles tenham uma vida mais comunal e menos privada do que os seres humanos na sociedade moderna. Eles banham-se, dormem, vestem-se e trabalham juntos. Como os humanos, têm problemas de saúde. No plano emocional, entretanto, suas vidas são uma espécie de ponte entre a vida humana e a alienígena. De acordo com os relatos dos abduzidos, os híbridos não têm lembranças de pais, antepassados, vida familiar, crescimento em família, amigos e outros eventos emocionalmente importantes que ligam os seres humanos. Numa longa conversação, um híbrido de estágio avançado disse a Reshma Kamal que as lembranças delaeram muito diferentes das dele.

Então, estou perguntando se ele tem pais como eu, ou amigos, ou coisas assim. Ele parece bastante triste. Não sei se ele olha para baixo e depois para mim, e diz não. Ele diz: “Nós só pertencemos a isto aqui”… Eu quase tenho pena dele. Estou perguntando se ele tem mãe e pai. Ele olha para baixo de novo, e depois para mim e continua: “Eu sei de onde venho, mas não tenho laços familiares como vocês.” Eu digo: “O que você quer dizer com laços?” E ele está dizendo “arquivos”(lembranças)… Eu pergunto de novo: “O que você quer dizer por arquivos?” … E ele me diz, ele está me explicando que quando a gente vê os nossos ancestrais tem memórias e histórias. Está dizendo que, quando ele olha para a “sua” formação, só tem de olhar nos arquivos. Não existem laços, não existem memórias… Ele diz: “Quando você se lembra da sua mãe ou da sua irmã, está lembrando memórias de estar ali, de vê-los.” Ele está dizendo: “Quando eu quero fazer essas coisas, tenho de ver nos arquivos. Não tenho esses laços nem essas memórias.”

Então, eu digo: “Você nunca viu os seus pais?” Ele diz: “Já os vi, mas não tenho os mesmos laços.” Ele diz: “Nós somos apenas informados de quem eles eram e de que estão nos arquivos.” Não sei o que ele quer dizer com isso. Ele está me dizendo alguma coisa como, eu não sei, ele está me explicando como era quando criança ou alguma coisa assim. É como se ele estivesse realmente triste, ele está dizendo que quando ele era um garoto e quando perguntou a eles (por que ele tinha uma aparência diferente deles) -
acho que ele quer dizer “eles” como alienígenas, porque ele olha para lá (para os alienígenas que estão na sala)… mostraram para ele um arquivo… E eu digo: “Um arquivo? Você quer dizer retratos e seus objetos pessoais?” Ele diz: “Mais do ponto de vista médico.” Aí ele começa a falar de coisas médicas, de genealogia, ou dos dados médicos dos seus pais e outras coisas, mas não fotografias ou… Ele diz: “Não de piqueniques que a gente fez ou de festas, mas sempre informações médicas. Você compreende?”

Eu mais ou menos dou de ombros, mais ou menos… eu estou perguntando se ele não pode voltar, sabe como é? E ele continua, está me perguntando: “Voltar para onde? Você quer dizer para a sua casa?” E eu digo: “Mas é sua casa, não é?” Ele está dizendo: “Eu não tenho casa. Não no sentido que você tem.” Ele está dizendo: “Não pertenço a nenhum lugar’.” Eu estou perguntando assim, onde ele mora, e ele olha para os alienígenas e diz que com eles. E eu digo: “O que você quer dizer? Você mora com eles? Eles não têm uma casa como eu tenho?” Ele parece estar dizendo que têm uma casa, mas não com o mesmo sentido que eu dou a uma casa. Ele está me fazendo uma pergunta: “Você sabe o que é um robô?” Eu digo sim. Ele está me pedindo que dê um exemplo. E eu estou dizendo: “Bem, um robô é alguma coisa que você cria e faz o que você quer, e nada mais.”

Quando dou essa resposta, ele continua: “Agora você sabe como eu estou me sentindo.” E eu estou dizendo: “Você é um robô?” Ele parece um pouco chateado comigo. Ele diz que não, mas que o sentido é o mesmo. Um robô não tem laços emocionais. E somente faz o que é programado para fazer. E ele diz: “Você vê que eu estou fazendo a mesma coisa?” E eu digo… “Compreendo isso, mas você não tem suas próprias emoções?” E ele está me dizendo: “Mesmo que tivesse emoções, qual era a vantagem de eu ter emoções se nada vai acontecer?” E eu pergunto: “O que você quer dizer com isso?”

Ele não me responde, mas parece muito triste, e estou perguntando: “Você é feliz?” E ele está me perguntando o que eu penso ou o que eu percebo olhando para ele. Não respondo porque não quero que ele fique triste, mas dá a impressão de que ele de fato não tem praticamente vida nenhuma. Ele somente está vivo e respirando. Ele diz: “Nós só estamos aqui para trabalhar.” Então, ele olha para os alienígenas de novo. Ele está dizendo: “Nós temos de fazer tudo o que eles dizem.” Eu digo: “Você tem um laço emocional com eles como eu tenho com a minha família?” E ele está dizendo: “Não são os mesmos laços que você tem.” Como nós temos nossas relações, sentimos amor, ódio, tristeza e tudo isso.



Ele diz, não dessa maneira, ele não tem um relacionamento com eles. É como se eles apenas estivessem no controle total de tudo. Ele é apenas a criação deles, o que quer que eles tenham feito, e ele tem de fazer tudo o que eles dizem. Então ele olha para mim e diz: “Se você quer me entender, basta pensar em um robô. É tudo o que existe”, diz ele. Não sabemos os efeitos da falta de laços familiares ou memórias. Quaisquer que sejam as conseqüências, o desenvolvimento emocional dos híbridos nesse aspecto seria privado de todo o convívio que todos os humanos partilham, e suas vidas emocionais seriam muito diferentes das nossas.

Transferência de informações entre híbridos e humanos

Como fazem com híbridos mais jovens, as abduzidas são freqüentemente forçadas a instruir os híbridos adultos. A instrução tem duas formas: direta e involuntária por meio de transferência. O caso de Allison Reed fornece um bom exemplo. Ela foi ordenada para instruir quatro adultas híbridas fêmeas sobre como estabelecer laços com uma criança; as híbridas disseram-lhe que não queriam criar as crianças num ambiente esterilizado, mas como os humanos “normais” e diferentemente da sua própria experiência de infância com os alienígenas Greys.

Como as crianças mais velhas, os adultos híbridos demonstram interesse pelas atividades da Terra. Por exemplo, Claudia Negrón acordou uma noite com dois híbridos em seu quarto – um masculino e um feminino com pouco mais de 20 anos. Eles queriam saber por que ela estava pendurando as roupas em diversos lugares do quarto em vez de ser no armário; ela explicou que estava remodelando o armário. Eles fizeram outras perguntas e depois foram embora. Às vezes um abduzido é ordenado a transferir suas memórias para um híbrido, quase como se faz uma transferência para um “depósito de dados”. Kathleen Morrison colocou suas mãos em volta de um
objeto multifacetado, que ficou irradiando uma luz vermelha, enquanto o híbrido olhava para ela e colocava suas mãos sobre as dela.

Ele “baixou” (download) informações do seu cérebro – quais as teses escolares que ela estava escrevendo e como estava indo na escola. Ele também examinou mentalmente uma briga que ela tivera com sua irmã. A transferência de dados para os híbridos também inclui reações emocionais. Allison uma vez se encontrou “ligada” numa híbrida fêmea que se sentou na sua frente e realizou uma varredura mental. Allison viu coisas tristes e dolorosas da sua vida, como a morte do seu avô, e também viu coisas detestáveis. Quando o procedimento terminou, a híbrida disse que tinha tido muita sorte porque Allison tinha uma grande variedade de emoções.

Continua…

Capítulos anteriores:
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-parte-2/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-parte-3/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-parte-4-sinistro/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-parte-5-sinistro/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-parte-6-sinistro/
http://thoth3126.com.br/a-ameaca-alienigena-infiltracao/

Fontes: http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-interior-da-terra-os-arquivos-lacerta-parte-i/
http://thoth3126.com.br/nobreza-negra-da-europa-principe-charles-e-descendente-de-dracula/
http://thoth3126.com.br/projeto-serpo-programa-de-intercambio-com-zeta-reticuli-2/
http://thoth3126.com.br/category/reptilianos/
http://thoth3126.com.br/zeta-reticuli-1e-2-o-mapa-estelar-do-sistema-solar-duplo/
http://thoth3126.com.br/dulce-book-conexao-draconiana-reptiliana-capitulo-13/
http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-ii/
http://thoth3126.com.br/eisenhower-presidente-dos-eua-teve-reunioes-secretas-com-seres-extraterrestres/
http://thoth3126.com.br/tecnologia-de-orion-e-outros-projetos-secretos/
http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-2a-explosivo/

Mudanca nos Polos Norte/Sul já está acontecendo agora

A Mudança dos Polos Magnéticos Está Acontecendo AGORA:

A mudança do CAMPO ELETROMAGNÉTICO e dos Polos NORTE e SUL do planeta está acontecendo agora. Uma entrevista do cientista, escritor, espiritualista e pesquisador GREGG BRADEN a Wynn Free de Alienshift.

Ele é um autor/escritor de best sellers, natural de New York, Gregg Braden é reconhecido e respeitado internacionalmente como um pioneiro na fabricação da ponte entre a ciência e a espiritualidade.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

A mudança do campo eletromagnético e dos Polos Magnéticos Norte e Sul do planeta está acontecendo agora. Uma entrevista do cientista, escritor, espiritualista e pesquisador GREGG BRADEN a Wynn Free de Alienshift.

Fontes: http://www.greggbraden.com/ e http://alienshift.com/id177.html

Há muitos indicadores quantificáveis científicos que comprovam que a Terra e o Sistema Solar inteiro estão passando por mudanças que nunca ocorreram anteriormente dentro da história humana registrada nesse atual ciclo {n.t. Um ínfimo ciclo de apenas treze mil anos, iniciado após o Dilúvio em 10.986 a.C., com o afundamento final de Atlântida, que em termos cósmicos é apenas um “piscar de olhos” da(s) divindade (s) criadora(s)}. Muitos médiuns e canalizadores também receberam (em) mensagens que nos dizem que nós entramos no início de uma mudança dimensional que já está afetando profundamente toda a nossa vida planetária.



E alguns preveem que dentro da próxima (atual) década vamos entrar em um processo de Ascensão Coletiva cumprindo as profecias do Cristo. GREGG BRADEN é provavelmente a pessoa mais reconhecida nos meios científicos que está a avaliar e revelar os fenômenos científicos que apontam para essa mudança. Ele ficou intrigado com tudo isso quando ele estava trabalhando como Geólogo para a Phillips Petroleum no final de 1970, há quase quarenta anos e percebeu que o magnetismo da terra estava em seu ponto mais baixo em 2.000 anos e diminuindo a um ritmo acelerado. Como resultado dessas descobertas, Braden escreveu um livro – “Awakening to Zero Point” - que documentou este e outros indicadores de que as condições em nosso planeta está em rápida e acelerada mutação.

WYNN: É verdade que os pólos magnéticos da Terra estão em processo de mudança agora?

Gregg Braden: Em Maio-Junho-Julho de 2002, foi muito bem reconhecido e valorizado por revistas científicas que realmente estavam divulgando PELA PRIMEIRA vez que estamos no processo de uma inversão polar e mudança no campo eletromagnético planetário. Voltando na década de 1960, os geólogos estavam certos de que a terra periodicamente passa através de uma reversão dos seus polos magnéticos. Eles puderam declarar e confirmar isso a partir dos resultados obtidos da análise de amostras do núcleo de gelo, e de antigos fósseis, bem como de partículas magnetizadas que foram bloqueados em determinadas posições dentro das rochas da Terra. Os geólogos estavam tão certos sobre este fenômeno que realmente mapearam o fenômeno pelos últimos quatro milhões e meio de anos, e os registros resultantes sugerem que o planeta Terra “já passou por 14 destes reversões polares e do seu campo eletromagnético”.

Naquela tempo, entre 1961 e 1962, há meio século no passado, os cientistas achavam que a última inversão dos pólos teriaocorrido por volta da época da última Idade do Gelo, de dez a 12 mil anos atrás (N.T. Foi em 10.986 a.C. e provocou o afundamento de Atlântida, no evento conhecido como o Dilúvio da Bíblia). E eles estavam certos de que isso iria acontecer novamente, mas somente que seria há milhares de anos no futuro, por isso não havia nada para se preocupar. MAS na década de 1990, os geólogos continuaram a refinar este tipo de informação e seus estudos e obtiveram novos e diferentes resultados em relação ao TEMPO. Eles haviam dito que levaria ainda milhares de anos para que isso acontecesse novamente. Então eles começaram a declarar: “Bem, isso pode acontecer em centenas de anos.”(e NÃO MAIS MILHARES de anos).

Mas agora, nos dias de hoje, cinquenta anos depois das primeiras descobertas e pesquisas, recentes evidências encontradas em alguns dos núcleos de gelo da Groenlândia e da Antártica que dizem que ESSA MUDANÇA poderia acontecer em tão pouco tempo quanto uma década apenas. Mas agora, sabemos hoje que os pólos JÁ ESTÃO se movendo. Nós estamos vivendo isso exatamente agora. Nós não sabemos exatamente o que isso significa, porque mesmo que tenha acontecido no mínimo já catorze vezes nos últimos quatro milhões e meio de anos, isso nunca aconteceu antes com sete bilhões de pessoas vivendo na terra em cidades, algumas gigantescas (e a população crescendo…).

Wynn: Você esta dizendo que esse fato já é do conhecimento comum?

Gregg Braden: É de conhecimento comum para pessoas que precisam ( E PARA AS QUE ESTÃO BUSCANDO DESCOBRIR A VERDADE) saber estas coisas. Por exemplo, nos regulamentos da agência federal da aviação dos EUA, a FAA (Federal Aviation Administration) dizem que, quando os pólos se moverem para além de cinco graus de sua posição, as pistas dos aeroportos tem que ser renumeradas para voltar a se correlacionar com as indicações (Bússolas) magnéticas que os instrumentos de bordo dos aviões estão acusando ao decolarem/aterrissarem. (Sobre coordenadas ver mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Coordenadas_geogr%C3%A1ficas )



O primeiro aeroporto nos Estados Unidos a refazer a sua localização e repintar as coordenadas de sua localização nas cabeceiras de suas pistas de decolagem foi o St. Paul, na cidade de Minneapolis, em Minnesota-EUA onde foi gasto algo na ordem de oitenta e cinco mil dólares para se pintar e renumerar as NOVAS coordenadas da pista.

Mas o que aconteceu no período maio-junho-julho de 2002 é que (pela primeira vez na história) grandes revistas científicas, tais como Nature, Science, Scientific American, e New Scientist publicaram relatórios dizendo que estamos definitivamente já em processo de uma reversão do campo magnético e dos polos, o que os cabos de comunicação da agência de notícias AP-Associated Press logo captou. Os cientistas ainda não têm ideia do impacto que essa mudança vai causar em um mundo de tecnologia eletrônica e nas redes de geração e distribuição de energia elétrica, de comunicações via satélite, internet, redes sociais, etc.


Mas, ainda há mais, eles não sabem qual será o impacto no sistema imunológico humano. As modalidades de tratamentos e cura alternativa têm mostrado uma ligação entre o magnetismo e o sistema imunológico do corpo (como a acupuntura chinesa), que também implicaria que o nosso sistema imunológico poderia muito bem estar inserido nos campos magnéticos da terra.

Também sabemos que os pássaros e animais marinhos (mamíferos como as baleias, golfinhos, orcas) migram através dos oceanos se utilizando da linha de grade do campo eletromagnético do planeta para sua orientação. Portanto, há especulações (já é uma CERTEZA) de que as mudanças que estão ocorrendo no campo magnético são responsáveis pelos padrões de mudança na rota das aves migratórias e dos grandes mamíferos marinhos que foram registradas em todos os oceanos da Terra.

A mudança atual no campo eletromagnético também pode explicar por que as baleias, orcas e golfinhos estão encalhando e morrendo aos milhares nas costas de todos os continentes. As linhas de navegação que esse animais sempre seguiram pelos oceanos mudaram e agora levam-nos para uma praia qualquer (em terra firme).



Quando seres humanos preocupados em ajudá-los levam-nos de volta para a água e os colocam em liberdade, eles voltam a se alinhar com as mesmas linhas magnéticas em mudança, e em segui-las, e então eles acabam encalhados nas praias novamente e morrem. Então, sim, podemos dizer que já é de conhecimento comum agora(pelo menos para aquela parcela da humanidade, pequena ainda, que esta em busca de informações e em processo evolutivo). As revistas científicas mais respeitadas já dizem que estamos em meio a esta mudança. E mesmo que não saibamos exatamente o que isso significa, é significativo que esse assunto e fato está sendo reconhecido em outros meios e tipos de literatura sérios, e não apenas em revistas especulativas ou pseudocientíficas.

Wynn: Quando foi que essa mudança magnética foi reconhecida pela primeira vez?

Gregg Braden: Teria sido nesse período junho/julho de 2002. As pessoas estavam me mandando e-mails de que tinham visto e lido sobre o assunto, e me dando referências. Eu mesmo também encontrei matérias e referências nas revistas sobre o assunto.

Wynn: Será que vamos sobreviver a uma mudança completa dos polos e do campo eletromagnético?

Gregg Braden: Qualquer resposta a essa pergunta deve necessariamente permanecer dentro do reino da especulação, porque na história humana tradicional registrada isso nunca aconteceu antes. Por outro lado, existem tradições das nações indígenas dos EUA e antigas tradições bíblicas dos hebreus (e de outros povos) sugerindo que uma mudança magnética pode ter acontecido mesmo, mais recentemente, do que a última Idade do Gelo em torno de 13.000 anos atrás, e essas tradições sugerem que a última mudança polar poderia ter acontecido mais recentemente, em torno de 3.600 anos.

Há lendas indígenas (antigo México e no Peru, dos INCAS) que falam de um dia em 3.600 anos atrás, quando o sol teria então se levantado a partir do oeste, como sempre tinha feito até então, pairando no céu por mais de um dia inteiro, e se pondo no leste, mas no dia seguinte, levantando-se no leste e se pondo no oeste, como faz até hoje. As tradições hebraicas falam deste evento também, dizendo que isso aconteceu durante uma batalha (o cerco aos povos de Canaã).

{ n.t. - No Capítulo 7 do livro “Os Reinos Perdidos”(The Lost Realms) de Zecharia Sitchin, podemos ler:

Completamente ignorado pelos estudiosos como uma pista válida é a declaração repetida nas lendas dos Incas nos Andes (local antípoda da Terra Santa) de que houve uma escuridão assustadora há um longo tempo de seu passado. Ninguém se perguntou se essa era a mesma escuridão devida pelo não aparecimento do sol quando atrasou seu nascimento de que as lendas mexicanas também falam em um conto na região de Teotihuacan e suas pirâmides, no antigo México. Se não houvesse sido de fato um fenômeno global, que o sol não se levantasse pela manhã e a noite então se estendesse pelo dia, então tal evento de extensão da noite de tal magnitude teria sido observado em todas as Américas. As lembranças coletivas os mexicanas e dos andinos parecem corroborar um e o outro local neste ponto, e portanto, um defende e corrobora a veracidade do fato, como duas testemunhas para o mesmo evento em locais distantes e sem contato entre si.

Segundo o Frei Dominicano Antonio de Montesinos e outros cronistas da história dos povos andinos, esse evento extremamente inusitado aconteceu no reinado de Titu Yupanqui Pachacuti II, o 15º monarca, em tempos do antigo império INCA. Foi no terceiro ano de seu reinado, quando “os bons costumes foram esquecidos pelos homens e as pessoas se deram, se entregaram a todos os tipos de vício”, foi nesse tempo em que ”não houve aurora por vinte horas, o “SOL NÃO NASCEU NAQUELE DIA.” Em outras palavras, a noite não terminou quando deveria e o nascer do sol foi adiado durante vinte horas, tendo a noite avançado pelo dia. Depois de um grande clamor do povo, confissão de pecados, rezas, sacrifícios e orações, o sol finalmente se levantou. Isso não poderia ter sido causado por um eclipse: não foi descrito de que o brilho do sol foi obscurecido por uma sombra. Além disso, nenhum eclipse dura tanto tempo, e os sacerdotes peruanos da nação INCA estavam cientes de tais eventos periódicos. O registro não diz que o sol desapareceu, ele apenas diz que ele não se levantou “não houve aurora” – durante vinte horas.

Mas, se mesmo isso não é convincente o suficiente ainda, vamos chamar a Bíblia em testemunho, e sobre ninguém menos que Josué como sendo a própria testemunha.

Era como se o sol, onde quer que ele estivesse escondido, de repente parasse. Se a lembrança andina e mexicana for verdadeira, então em algum outro lugar, no lado oposto da Terra nessa data, o Dia teria que durar o mesmo tempo extra da noite andina, percebida na América do Sul e Central, não terminando quando ele deveria ter terminado, mas que se prolongasse pelo mesmo período do dia, durando cerca de vinte horas a mais, o tempo equivalente percebido como escuridão extra pelos INCAS. E TAL FATO ACONTECEU E ESTA REGISTRADO NO LIVRO SAGRADO CONHECIDO COMO A BÍBLIA CATÓLICA, em seu Livro de JOSUÉ, capítulo 10: versículos 11 a 14. Fim de citação}

Os antigos hebreus tomaram como um claro sinal de que a assistência celestial estava do seu lado, porque ficou dia um longo tempo extra o suficiente para a batalha terminar com a sua vitória. Não podemos verificar isso nos discos de pedra ou em fósseis, porque 3.600 anos passados é demasiado curto período de tempo para um tal evento ficar assim registrado.Tudo o que temos para analisar são as tradições, lendas e mitos preservados oralmente e descritos em registros históricos de povos antigos. O que a tradição nos diz, no entanto, é que se algo assim fosse acontecer, os povos da terra sobreviveram a ela. Teria que ser um dia muito estranho para se viver, mas se as lendas antigas são verdade, isso aconteceu e as pessoas aparentemente sobreviveram a mudança (que pode ter sido suave e não definitiva). No entanto, não sei como isso afetou suas vidas.



Ao lado: mudança no polo norte verificada nos últimos 150 anos, com uma brusca aceleração apenas nos 10 anos finais:

Wynn: Você tem alguma ideia de como esta mudança magnética pode mudar a consciência humana?

Gregg Braden: A especulação é de que há uma correlação entre a consciência e o magnetismo. Para se entender como essa conexão pode funcionar, é útil compará-la com uma memória de computador. Os campos magnéticos na memória são mantidos no lugar por meio de uma carga elétrica – uma carga lenta – dentro do computador em si mesmo. Quando as pilhas do computador acabam, a carga se foi, e a memória é perdida. Daí temos que recarregar o sistema operacional. Da mesma forma, pesquisadores e os descendentes dos povos indígenas acreditam que quando a Terra passar por essa mudança que a ciência vê como uma reversão magnética, também haverá uma grande mudança e limpeza da consciência na e da Terra.

{Nota do tradutor: Em Josué 10:11-14 esta escrito:

“O SENHOR lançou sobre eles, do céu, grandes pedras, até AZECA, {uma referência à AZTECA, no MÉXICO?} e morreram; e foram muitos mais os que morreram das pedras da saraiva do que os que os filhos de Israel mataram a espada. Então Josué falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: SOL, detém-te em Gibeom, e tu, LUA, no vale de Ajalom. E o SOL SE DETEVE, e a LUA PAROU, até que o povo se vingou de seus inimigos.Isto não está escrito no Livro de JASHER? O SOL, pois, se DETEVE no MEIO DO CÉU, e não se apressou a se pôr, quase um dia inteiro. E não houve dia semelhante a este, nem antes nem depois dele, ouvindo o SENHOR assim a voz de um homem (Josué); porque o SENHOR pelejava por Israel.“

No LIVRO DE JASHER, Capítulo 88: vers. 61 a 64 esta escrito: “61 E enquanto eles estavam fugindo, o Senhor enviou-lhes pedras de granizo do céu, e mais deles morreram pelos granizos, do que pelo abate dos filhos de Israel. 62 E os filhos de Israel os perseguiram, e ainda os feriu na estrada, indo e ferindo-os. 63 E quando eles estavam lutando ainda, o dia estava declinando em direção à noite, e Josué disse à vista de todas as pessoas, SOL, que tu fiques em Gibeom, e tu LUA, fiques no vale de Aijalom, até que a nação tenha se vingado sobre seus inimigos. 64 E o Senhor ouviu a voz de Josué, e então o O SOL SE DETEVE no meio dos céus, e ele ficou parado seis e trinta momentos (uma medida de tempo antiga?), e a LUA TAMBÉM PAROU e não se apressou para se por em um dia inteiro”. Fim de citação}



Não haverá mais nada segurando todos os padrões magnéticos dos paradigmas que tenham sido colocados no lugar. Então, quando nós despertamos após essa grande mudança, a nossa consciência será de acordo com a nossa verdadeira natureza interna, com a nossa verdadeira essência. E a memória de todos os males ou todas as coisas ruins ou todos os ressentimentos do ego e intelecto temporário que nós praticamos uns contra os outros como indivíduos assim como entre as nações, não mais farão parte dessa nova consciência, dessa nova grade magnética do planeta, haverá então um novo paradigma. A partir dessa perspectiva, que muitas tradições preveem, sentem ou especulam, é de que estamos já nos aproximando de um tempo do que eles chamam de a “Grande Limpeza”, e que esta limpeza já esta acontecendo em um nível de memória no núcleo da consciência humana.

Wynn: Portanto, é possível supor que, de alguma forma, a existência de nossa memória está ligada a este campo magnético?

Gregg Braden: Acho que sim. Eu acho que por causa dos relatos de eventos estranhos dos astronau tas que deixaram a terra e foram para o espaço durante o programa Apollo. Pelo fato de deixarem a atmosfera da Terra e circundarem o planeta muitas centenas de milhas acima da superfície terrestre, fora dos efeitos do campo eletromagnético da Terra, que lá em cima eram insignificantes. Então os astronautas começaram a ter experiências a que eles não estavam preparados ou treinados para enfrentarem, e que foram totalmente inesperadas. Quando eles estavam no espaço e olhavam de volta à Terra, eles começaram a ter ideias e sentimentos, o despertar de uma consciência que eles nunca tiveram quando estavam em terra. Isso significou algo diferente para cada um deles.

Na mesma maneira, amigos meus que foram para o Vietnã disseram que tudo havia mudado quando eles voltaram para casa. Todos eles haviam mudado. Para alguns, a mudança foi tão dolorosa e drástica que eles nunca mais poderiam falar sobre isso, e para os outros, a mudança foi um catalisador em suas vidas e eles falavam sobre isso incessantemente. E eu acredito que houve realmente um programa especial da PBS que documentou este mesmo fenômeno com os astronautas, que eles nunca mais foram os mesmos depois que estiveram no espaço e voltaram. Quando eles voltaram, havia alguns que não sabia o que fazer com os novas experiências no espaço exterior.

Alguns se voltaram para as drogas e consumo excessivo de álcool. Outros canalizaram a mudança que ocorreu dentro deles em algo muito positivo, de afirmação de projetos das suas vidas. Um integrante deste último grupo foi o astronauta Dr. Edgar Mitchell, que fundou a Noetic Sciences Organization, em um esforço para validar o fenômeno da consciência humana. Outro astronauta realizou a pesquisa para a procura pela Arca de Noé, e realmente a encontrou incorporada no gelo do pico do Monte Ararat, nas Montanhas Taurus exatamente onde a Bíblia disse que estaria [1].



Autor/escritor de best sellers, natural de New York, Gregg Braden é reconhecido e respeitado internacionalmente como um pioneiro na fabricação da ponte entre a ciência e a espiritualidade.

Após uma bem sucedida carreira como Geólogo e analista de Computador para a empresa petrolífera Phillips Petroleum, durante a crise de energia da década de 1970, ele trabalhou como Senior Designer de Sistemas de Computação com Sistemas de Defesa na empresa do complexo militar-industrial Martin Marietta Defense System durante os últimos anos da Guerra Fria entre URSS e EUA.

Em 1991 ele se tornou o primeiro Gerente de Operações Técnicas da companhia Cisco Systems, onde liderou o desenvolvimento da equipe de apoio global que assegurou a confiabilidade da internet de hoje.



Até o presente, as descobertas de Gregg Braden levaram a livros destruidores de paradigmas, tais como: “Awakening to Zero Point”, “The Isaiah Effect”, “The God Code“, “The Divine Matrix”, e “Tempo Fractal: O Segredo de 2012” e o “ Idade do Novo Mundo”, que estreou em 5º lugar na lista dos mais vendidos do New York Times duas semanas após seu lançamento. “Deep Truth” é o mais novo livro de Gregg Braden.

Continua …

Fontes: http://thoth3126.com.br/mudanca-nos-polos-magneticos-a-ciencia-se-dobra-as-profecias/
http://thoth3126.com.br/pilotos-de-avioes-navegadores-e-pistas-se-ajustam-a-mudanca-do-polo-norte-magnetico/
http://thoth3126.com.br/vulcao-cumbre-vieja-mega-tsunami-pode-atingir-o-brasil/
http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
http://thoth3126.com.br/poderosa-energia-emitida-pelo-centro-da-galaxia-foi-registrada/

Iceberg partido da geleira da Ilha de Pine no ano passado dirigide-se para o mar aberto,


No início de novembro de 2013, um grande iceberg separado da geleira da Antártida Pine Island.

Um enorme iceberg de metade do tamanho da Grande Londres, que rompeu uma geleira da Antártida no ano passado é dirigido para o mar aberto, disseram cientistas na quarta-feira.

B31, que pariram de Pine Island Glacier novembro passado, é grande o suficiente a 33km de comprimento e 20 km de largura para levar Nasa para monitorar seus movimentos via satélite. É até 500 metros de espessura.

Nasa glaciologista Kelly Brunt, disse: "É um que é grande o suficiente para que ele merece monitoramento", observando que as agências norte-americanas monitoradas várias dezenas de icebergs a qualquer momento.


B31 (canto superior esquerdo) visto em 11 de março de 2013. O iceberg, 33 km de comprimento e 20 km de largura, é dirigido para o mar aberto.
Brunt disse que o iceberg não estava em uma área de transporte particularmente ocupado no momento. No entanto, o Dr. Bethan Davies, um cientista de pesquisa na Universidade de Reading, disse que poderia dirigir-se para áreas com mais navios.

"Está flutuando no mar e vai ficar preso na corrente e fluxo ao redor do continente da Antártica, onde há navios", disse à Sky News.

Ela disse que, por si só o iceberg não contribuiria de forma significativa para o aumento do nível do mar, mas que a própria geleira Pine Island tinha o potencial para elevar os níveis do mar em 1,5 m, embora haja incerteza sobre o tempo que será necessário para derreter. "[O próprio iceberg] pode levar um tempo muito longo para derreter, bem mais de um ano ou até mais", disse Davies.

Os cientistas também são capazes de rastrear B31 via sensores-laden "dardos" que foram colocados em-lo em 2013 e têm rastreadores GPS.

Fontes: http://www.theguardian.com/environment/2014/apr/24/b31-pine-island-glacier
http://planetxnews.com/2014/04/25/b31-huge-antarctic-iceberg-headed-open-ocean/

terça-feira, 22 de abril de 2014

Possível inversão dos campos magnéticos da Terra preocupa cientistas

Inversão dos polos magnéticos 

Uma possível inversão dos campos magnéticos da Terra está deixado os pesquisadores em estado de alerta. Para investigar quais as probabilidade de ocorrência de fato deste fenômeno e suas consequências, os pesquisadores da Agência Espacial Europeia (ESA) lançaram a missão Swarm, formada por três satélites que irão monitorar durante quatro anos o campo magnético da Terra, desde o seu interior até as suas camadas superiores na atmosfera.

No vídeo divulgado sobre a missão, a ESA explica o problema: há várias décadas vem sendo observado um enfraquecimento do campo magnético da Terra, que tem como função desviar as partículas de radiação provenientes do Sol. Este tipo de comportamento poder ser uma indicação de que nosso planeta está começando o processo de inversão dos seus campos. Um fenômeno semelhante teria ocorrido há 780 mil anos. Para que esta inversão ocorra por completo são necessários milhares de anos.

Se uma suposta nova inversão dos campos magnéticos estiver mesmo começando isso poderá representar um caos para o nosso tipo de sociedade, já que haveria o risco de alterações no funcionamento dos satélites de comunicação e no fornecimento de energia elétrica. De acordo com o vídeo da ESA, o fenômeno é possível e levaria o mundo atual de volta à "idade da pedra". Por isso, uma análise da situação pela missão Swarm é extremamente importante para que possamos prever e lidar com esta condição. Os satélites deverão ser lançados em meados do ano que vem.

Fonte: http://noticias.seuhistory.com/possivel-inversao-dos-campos-magneticos-da-terra-preocupa-cientistas-video







Primavera chinesa ? População se revolta e toma as ruas contra o Governo Comunista Chinês








Cidadãos chineses revoltados golpearam cinco burocratas do governo chinês, durante um incidente que se transformou em um forte motim neste sábado, em mais um sinal revelador de crescentes tensões sociais do país comunista.

A perturbação começou depois que membros da polícia municipal Chengguan, burocratas amplamente odiados da China que aplicam as regulamentações governamentais contra vendedores ambulantes, começou a assediar e espancar uma mulher no Cangnan da cidade de Wenzhou, província de Zhejiang.



Quando um espectador, de 36 anos, Sr. Huang, veio em auxílio da mulher por filmar o confronto, ele teria sido atacado por policiais com um martelo e começou a vomitar sangue antes de morrer no caminho para o hospital.

Após a notícia se espalhou nas redes sociais sobre o que acabara de acontecer, uma enorme multidão de cidadãos chegaram a cercar os oficiais Chengguan, que tentou se esconder em sua van."Mate-os, matá-los!" Cantado a multidão que os policiais foram barbaramente espancado com bastões, tijolos e pedras, deixando-os sangrando e inconsciente.

"Espectadores irritados esvaziavam os pneus da van, enquanto outros quebraram janelas e portas com tijolos, pedras e pedaços de madeira. Os homens foram arrastados para fora da van e espancados sem sentido pela multidão ", relata Epoch Times.

Quando a ambulância chegou para prestar o tratamento médico, a multidão tombou o veículo. Alguns relatos afirmam os cinco policiais foram mortos, mas a mídia estatal mais tarde afirmou : "Dois dos feridos permaneceu em estado crítico, enquanto outros três, que sofreu ferimentos leves receberam tratamento."

A tropa de choque foi depois enviada para lidar com a multidão e dez pessoas foram presas.

"A perturbação em massa foi o último de uma longa linha de incidentes de violência entre os civis e a força de gestão urbana, ou 'chengguan', cujas função é de lidar com vendedores ambulantes ilegais. A imagem dos burocratas foi marcada por reportagens repetidas de seu uso excessivo da força durante a realização de suas funções, às vezes resultando em lesões e até a morte", relata o South China Morning Post.

A mesma unidade foi envolvido em um incidente no ano passado, na cidade de Linwu quando confrontado marido e mulher para a venda de uma melancia que o casal tinha crescido em sua fazenda. A briga eclodiu o que resultou em Deng Zhengjie e sua esposa a ser severamente espancado, com Zhengjie posteriormente morrendo como resultado de seus ferimentos.

Embora a mídia estatal habitualmente tenta censurar tais incidentes, distúrbios de massa, rebeliões e ataques contra a polícia tornaram-se mais prevalente em toda a China nos últimos anos, com as tensões alimentadas pela corrupção desenfreada do governo, transferência forçada de imóveis, ea enorme abismo entre ricos e pobres.

As imagens abaixo do incidente no sábado foram enviados por usuários do Weibo, a versão chinesa do Twitter.

(ALGUMAS IMAGENS FORTES)































































Fonte: http://linkvalidator.net/warn.php?p=aHR0cDovL3d3dy5saWJlcnRhci5pbi8yMDE0LzA0L25hemlzbW8tbmEtdWNyYW5pYS1wYW5mbGV0by1jb252b2NhLmh0bWwjaXh6ejJ6ZFBER1VxcQ==

LinkWithin

´ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...