quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Violentos tremores de terra sacodem cidades do norte do Brasil !

Dois poderosos abalos de 7,6 magnitudes foram registrados na noite de ontem em território peruano, próximo à fronteira do Brasil. Os tremores sacudiram prédios em diversos estados e foram registrados pelo sismógrafo do Apolo11 em São Paulo. 
Os dois fortes abalos ocorreram quase simultaneamente, o primeiro às 20h45 pelo horário de Brasília, a 169 km de Iberia, no Peru e o segundo as 20h50, a 210 km da cidade brasileira de Tarauacá, no Acre.
Ambos os tremores ocorreram a cerca de 600 km de profundidade, distanciados apenas 50 km um do outro. O total de energia liberada em cada um dos eventos foi equivalente à detonação de 190 bombas atômicas, ou 3,7 milhões de toneladas de TNT. 
Embora a profundidade tenha sido bastante elevada, comuns aos eventos naquela região, a intensidade dos abalos foi tão poderosa que foi sentida em diversos estados do Brasil.
De acordo com Walcimar Junior, em postagem publicada no site Painel Global, em Rio Branco, capital do Acre, os órgãos públicos evacuarem diversos prédios acima de três andares.
Além do Acre, onde o tremor foi sentido mais fortemente devido à proximidade do hipocentro, há relatos de que as ondas também sacudiram prédios em Rondônia e Manaus.

Porque acontece ?

É importante notar que abalos de forte intensidade naquela região fronteiriça são bastante comuns e ocorrem devido à subducção da placa tectônica de Nazca, que mergulha abaixo da placa sul-americana a uma velocidade de 70 milímetros por ano.
Entre a fossa Chile-Peru, até a costa oeste do Peru, a placa de Nazca é sismicamente ativa até profundidades de cerca de 200 km, se tornando praticamente estável até o leste do Peru a profundidades entre 200 e 500 km.
Entretanto, abaixo da fronteira entre Peru e Brasil, a placa de Nazca se torna novamente ativa entre 500 e 650 km de profundidade e foi justamente ali que ocorreu a ruptura observada em 24 de novembro de 2015, provocando dois fortes abalos de 7.6 magnitudes.
Estudos geológicos mostram que a parte profunda da placa de Nazca, na qual os terremotos ocorreram, levou cerca de 10 milhões de anos para mergulhar sob a placa da América do Sul.

Profundo e de longo alcance

Os terremotos que ocorrem a profundidades focais superiores a 300 km são conhecidos como "deep-focus" ou de foco profundo. Normalmente, esses tremores causam muito menos destruição que aqueles que ocorrem próximo à superfície, mas podem ser sentidos a grandes distâncias dos epicentros.
O maior terremoto de foco profundo já registrado ocorreu em 2013 na placa tectônica do pacífico, a 600 km abaixo do Mar de Okhotsk, no nordeste da Rússia. O evento foi calculado em 8.3 magnitudes e pode ser sentido em toda a Ásia, Moscou e Nova York.
Em 1994, outro tremor de 8.2 magnitudes ocorreu 600 km abaixo da Bolívia e foi tão intenso que fez tremer prédios nos EUA e Canadá.

Fonte: http://www.apolo11.com/terremoto_brasil.php?titulo=Terremotos_Violentos_abalos_sacodem_cidades_do_norte_do_Brasil&posic=dat_20151125-091153.inc



NASA acredita ter resolvido mistério sobre megaestrutura ‘alienígena’ no espaço !

kic-8462852-1448536864426_615x300
Ilustração mostra uma estrela atrás de um cometa fragmentado; observações sugerem que esse seja o motivo dos misteriosos padrões de luz da estrela KIC 8462852
Uma estrela enigmática emitindo misteriosos padrões de luz motivou cientistas a sugerir, no mês passado, a possibilidade de vida alienígena naquele local.
Um deles chegou a relacionar o comportamento estranho e incomum da estrela, que lembrava um “enxame de megaestruturas”, a uma possível civilização de ETs.
A Nasa (agência espacial americana) vinha monitorando a estrela havia quatro anos, chamada KIC 8462852, e identificou padrões estranhos de luminosidade em 2011 e em 2013.
Agora, achados recentes da agência apontam para a hipótese de que a aparência da estrela provavelmente seja causada por uma família de cometas viajando em uma órbita longa e rara em torno dela.
À frente da família haveria um enorme cometa, que teria bloqueado a luz da estrela em 2011, como foi detectado pela missão Kepler da Nasa.
Depois, em 2013, o restante da família, fragmentos de cometas de diferentes tamanhos, teriam passado novamente em frente à estrela e bloqueado sua luz, motivando os padrões luminosos misteriosos. 

Obra alienígena

Quando a estrela foi identificada, o astrônomo Jason Wright, da Universidade da Pensilvânia, disse que parecia “algo que você esperaria ser construído por uma civilização alienígena.”
Tabetha Boyajian, pesquisadora na Universidade de Yale, disse se tratar de “algo nunca visto”.
Pesquisadores usaram luz infravermelha para detectar movimento de calor em torno da estrela, mas os cometas não estavam visíveis nas observações feitas neste ano, o que deixa o caso ainda em aberto.
“Nós talvez ainda não saibamos o que está ocorrendo em torno dessa estrela, e é isso que a torna tão interessante”, afirmou o astrofísico Massimo Marengo, que conduziu o estudo da Nasa, baseado em dados do telescópio espacial Spitzer.
Segundo Marengo, mais observações serão necessárias para esclarecer o caso da KIC 8462852.
“Essa é uma estrela muito estranha, que me lembra quando descobrimos os pulsares (estrelas de nêutrons que emitem ondas de rádio). Eles estavam emitindo sinais estranhos que ninguém havia visto, e o primeiro a ser descoberto foi batizado LGM-1 (iniciais de ‘pequeno homem verde’, na sigla em inglês).”

Fonte: http://ovnihoje.com/2015/11/26/nasa-acredita-ter-resolvido-misterio-sobre-megaestrutura-alienigena-no-espaco/

Estrada eleva-se repentinamente e desmorona na Califórnia - Estados Unidos

road-buckle_1024
Um trecho de 60 metros de uma estrada em Santa Clarita, Califórnia, se elevou e despedaçou dentro do período de aproximadamente 3,5 horas, na quinta-feira, 10 de novembro, com mais deformações reportadas durante os dias seguintes.
Algumas partes da estrada agora estão completamente rachadas e inúteis, enquanto outras se elevaram a mais de 4,5 metros acima do solo, mas ninguém tem certeza do que causou tal mudança dramática. Quando as estradas se dobram desta forma, geralmente é devido a sérias mudanças na terra abaixo, causadas por terremotos ou chuvas torrenciais, mas os geólogos já descartaram estas possibilidades.
“Não houve nenhuma grande tormenta que causou isto. Não houve nenhum grande terremoto que causou isto“, disse o geólogo Jeremy Boyce, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, à CBS News.
Boyce tomou a oportunidade para levar seus alunos em campo para ver um raro exemplo de como eventos geológicos podem acontecer de forma supreendentemente rápida – acontece que os pedaços e fragmentos da Terra nem sempre se movem no ritmo glacial.
Estrada deformada na Califórnia
“Quando pensamos em geologia, pensamos sobre processos que acontecem ao longo de milhões ou bilhões de anos, assim a oportunidade de trazer alunos para fora e ver coisas acontecendo ao longo de uma escala de horas, os mostra que a geologia nem sempre demora muito, mas ela também pode acontecer quase que instantaneamente“, disse ele.
A melhor hipótese que os cientistas foram capazes de oferecer é a de que a deformação da estrada seja o resultado de um deslizamento progressivo das colinas ao redor. Imagens de satélite desde 2011 mostram rachaduras na superfície da estrada, bem como mudanças significativas no formato das colinas, talvez devido a elas ficarem saturadas por uma grande quantidade de água, à um determinado momento.
Parece como se o solo se moveu por debaixo da estrada, e então a levantou. O que é muito estranho”, reporta George Dvorsky em entrevista para o Gizmodo. “Normalmente, um deslizamento simplesmente levaria a estrada embora. Fotos do local, de antes e depois, mostram que a estrada está situada num local de escavações, e que o material descarregado da colina provavelmente contribuiu para o deslizamento.”
Ainda não foi dado o veredito sobre esta situação, mas por agora o trecho de 3 quilômetros, da Estradas Vasquez Canyon, entre a Estrada Lost Creek e Vaquez Way, está fechada até segunda ordem.
Aqui está uma recente filmagem da área, feita por um drone:

Fonte: http://ovnihoje.com/2015/11/26/estrada-na-california-eua-de-repente-se-eleva-e-desmorona-e-ninguem-sabe-o-porque/


O maior segredo que absolutamente ninguém conhece,e,que vai mudar tudo para a Humanidade !

Já se passou um longo tempo desde a ultima vez que eu escrevi um artigo. Parece justo então que eu saia da minha coma de escritor, a fim de divulgar um dos maiores segredos que absolutamente ninguém conhece. E aqueles que o fizerem, podem ser ridicularizados por ter cogitado isso.
É um segredo enorme, quero dizer IMENSO. Quero dizer, tão grande que a única coisa que poderia rivalizar com ele no escopo seria os alienígenas pousarem e nos falarem sobre os nossos caminhos.
E é provável que este segredo esteja sendo revelado pela primeira vez.
O Apocalipse… Você se lembra de um dos desenhos animados no início do “Spirit Science”, nós colocamos que o apocalipse era o levantar do véu ? Um grande segredo ou a verdade tornando-se conhecida para a humanidade ?
Apocalipse (n.) A definição de apocalipse no dicionário “revelação, divulgação,” do latim apocalypsis “revelação”, do grego apokalyptein “descobrir, divulgar, revelar”, apo “ver” + kalyptein “coberto, escondido”.
Este apocalipse ainda tem de alcançar as massas, provavelmente vai levar algum tempo até esta verdade emergir como um fato. No entanto, é a verdade e ela vai destruir todas as religiões ao mesmo tempo, a menos que elas sejam capazes de se adaptar à dura realidade de que uma grande civilização existiu na Terra há muito, muito tempo atrás.
O segredo que estou prestes a dizer é o último grande segredo do “Spírit Science”. Bem, certamente haverá outros segredos que serão revelados no futuro, mas este é um dos grandes. Tudo o que vier depois não terá realmente esta importância.
Quaisquer que sejam os restos das civilizações perdidas da Atlântidam estão congelados sob aproximadamente 1.6 a 3.2 km verticais de gelo na Groenlândia e… O gelo está derretendo.
Entenda que quando dizem que a Atlântida afundou, grande parte dela não chegou realmente a afundar. Ela congelou. Foi um desastre enorme, provavelmente houve uma onda gigante, se não várias. Causando a ruptura que fez todo o continente congelar, ficando preservado para um momento em que seria redescoberto novamente.
Ele foi quase completamente envolto em gelo. Mesmo que seja provável que muitas coisas feitas pelo homem estejam destruídas, no entanto, ainda há uma ampla quantidade de evidências escondidas sob o gelo, à espera de serem redescobertas conforme o aquecimento global derrete o gelo, revelando nosso passado antigo.
Quem sabe o que nos espera de tecnologias antigas que estão sob o gelo ? O que eu sei sem sombra de dúvida (que realmente eu só posso atribuir neste momento a um profundo conhecimento espiritual e uma lógica que diz “Todas as peças se encaixam”), é que a Atlântida existiu em um continente próprio e que este continente é o que hoje conhecemos como a Groenlândia. 
Existem objetos e vidas reais congeladas e intactas ? Ou existem apenas restos antigos de ruínas gigantes e entulho ? Isso é o que vamos ter de esperar para ver. No entanto, eu não ficaria surpreso, na verdade eu estou esperando por isso, que quando a Groenlândia descongelar pelo aquecimento global, o mundo inteiro vai descobrir que tivemos uma enorme civilização avançada há mais de 13.000 anos atrás.
E a tecnologia que encontrarmos pode ser o que é necessário para salvar a humanidade do nosso desastre global. ;)
Eu acho que ainda vamos ter colaboração e a comunidade para nos salvar.
Então, que evidências eu tenho para apoiar estas afirmações ousadas e corajosas você pode perguntar ?!
Boa pergunta !
Na verdade o gelo ainda não descongelou o suficiente para obtermos qualquer evidência física. Temos alguns outros itens à nossa disposição. A palavra de Thoth sob a forma e descrição do continente da Atlântida, o fato de que observando as placas tectônicas os geólogos descobriram que o continente da Groenlândia costumava ser mais ao sul do que é hoje, bem no meio do Atlântico, exatamente onde a Atlântida existiu antes de desaparecer.
Você se lembra destas imagens do “Spirit Science 12” no filme Atlântida ? Neste filme nós usamos este diagrama do continente, que foi descrito por Thoth a Drunvalo que o desenhou no livro A Flor da Vida. Outros desenhos igualmente semelhantes existem em textos muito mais antigos, inclusive de Platão.
E só então, a humanidade terá a evidência que necessita de uma vez por todas para ver que ela na verdade é muito mais antiga muito mais sábia e tem uma história muito mais complexa do que os livros contam.
A conclusão será inegável e a discussão global fará uma rápida curva de 90 graus na compreensão de nossas verdadeiras origens.
Ela não será capaz de ser encoberta por nenhum governo ou conspiração corporativa. E será o sinal de que a humanidade vai começar uma nova era.
Isso é tudo que eu tenho, aproveite a pesquisa e mencione ou fale sobre isso com seus amigos. Se eles te chamarem de louco, não se preocupe, você não é.
Estou autorizado por mim mesmo a afirmar que apesar dessas afirmações ousadas serem verdades fortes, elas ainda são apenas teorias na minha cabeça. Mas são daquelas coisas em que eu tenho um sentimento de que é muito real para mim e não faço nenhuma aposta contra sua legitimidade. Eu sei que isso não é normalmente como a ciência funciona. Porém, é a forma como a ciência progride. Einstein fez uma série de reivindicações antes dele realmente demonstrar qualquer coisa e ele estava certo sobre as coisas que viu e acreditou.

Fonte: http://a-nova-realidade.blogspot.pt/2015/11/o-maior-segredo-que-absolutamente.html




Mancha azul no Oceano Atlântico deixa cientistas em estado de alerta !

Apocalipse News
Uma enorme e estranha mancha azul no Atlântico Norte preocupa os cientistas de todo o mundo. Trata-se de uma grande porção de água atipicamente fria em uma área próxima à Groelândia. Os pesquisadores acreditam que o derretimento das calotas polares poderia estar causando essa queda notável da temperatura oceânica.
A Groelândia forma, junto com a Antártida, 99% do gelo de água doce da Terra, razão pela qual o impacto climático que essa descoberta implica é uma grande ameaça global, podendo modificar o fluxo normal do Atlântico. A Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, adverte que a temperatura oceânica da área diminui a cada ano e que o consequente aumento do nível do mar significa um grande perigo para as cidades litorâneas de todo o mundo.
Os especialistas afirmam que o fenômeno pode estar ocorrendo por causa da mudança climática que atinge diferentes lugares do planeta. Embora não estejam previstas alterações drásticas e imediatas, como as que vemos em filmes apocalípticos, as consequências da descoberta poderão colocar em risco a vida humana e causar desastres naturais, assim como variações muito fortes na temperatura mundial.

Fonte: http://jsomokovitz.blogspot.pt/

Lobos solitários do terror


Fonte: http://jsomokovitz.blogspot.pt/

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Mudança climática ameaça mais de 500 milhões de crianças !

As crianças são as primeiras vítimas do aquecimento global, e pelo menos 530 milhões delas vivem em países submetidos regularmente a inundações catastróficas, em sua maioria na Ásia, e outras 160 milhões em zonas de grande seca, principalmente na África, revela um estudo divulgado nesta segunda-feira (23) pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), dias antes da conferência sobre o clima em Paris.
"São as crianças que vão sofrer mais com a mudança climática, eles já sentem pesadamente as consequências", explicou Nicholas Rees, um dos autores do estudo.
Os fenômenos climáticos extremos amplificados pela elevação da temperatura mundial - furacões, inundações, secas e ondas de calor - também aceleram a propagação das principais doenças infantis, como malária, desnutrição, diarreia e pneumonia.
A Unicef recomenda "dar prioridade na adaptação da mudança climática às necessidades dos mais vulneráveis, entre eles as crianças".
O estudo é publicado dias antes da abertura da conferência climática de Paris (COP21), que busca obter o compromisso da comunidade internacional para limitar o aquecimento global a 2 graus em relação à era pré-industrial.
Também nesta segunda, um novo relatório da ONU apontou que mais de 600 mil mortes são relacionadas às catástrofes climáticas nos últimos 20 anos. O documento ilustra a urgência de agir contra o aquecimento global.
Desde 1995, data da primeira conferência das partes sobre mudanças climáticas da ONU (COP1), os desastres causados por eventos meteorológicos, como inundações, tempestades, ondas de calor, secas, "provocaram 606. mil mortes", indicou o Escritório das Nações Unidas para a redução do risco de catástrofes (UNISDR) em um relatório. 

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/grandes-sinais-do-ceu1400518699/mudanca-climatica-ameaca-mais-de-500-milhoes-de-criancas.html

Desastres ambientais tornam-se cada vez mais frequentes !

Desastres relacionados ao clima, como inundações e ondas de calor, têm ocorrido quase que diariamente na última década, duas vezes mais do que duas décadas atrás, e a Ásia é a região mais afetada, alertou um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira.
Embora seus autores não tenham atribuído o aumento unicamente à mudança climática, eles afirmaram ser provável que a tendência de agravamento se mantenha, já que os eventos climáticos extremos cresceram.
Desde 1995, os desastres ambientais mataram 606.000 pessoas, deixaram 4,1 bilhões de feridos, desabrigados ou necessitados de ajuda e representaram 90 por cento de todos os desastres, informou o relatório.
Um ano de pico recente foi 2002, quando uma seca na Índia atingiu 200 milhões de pessoas e uma tempestade de areia na China afetou 100 milhões. Mas a catástrofe que mais se destacou foi o ciclone Nargis, que matou 138.000 pessoas em Mianmar em 2008.
Ainda que causas geofísicas, como terremotos, vulcões e tsunamis, com frequência ocupem as manchetes, só contabilizam um de cada 10 desastres compilados de uma base de dados definida pelo impacto.
O relatório, chamado "O Custo Humano dos Desastres Relacionados ao Meio Ambiente", revelou ter havido em média 335 destas ocorrências anualmente entre 2005 e agosto deste ano, um aumento de 14 por cento em relação ao período 1995-2004 e quase o dobro do período 1985-1994.
"Embora os cientistas não consigam calcular que porcentagem deste aumento se deve à mudança climática, as previsões de eventos climáticos extremos no futuro quase certamente significam que testemunharemos uma tendência de aumento crescente de desastres relacionados ao meio ambiente nas décadas à frente", afirma o documento.
A divulgação do relatório acontece uma semana antes da cúpula climática da ONU em Paris, na qual serão debatidos planos para conter as emissões de gases de efeito estufa e evitar o aumento das temperaturas em todo o mundo.
A ONU afirma que os níveis atmosféricos de dióxido de carbono, o principal gás de efeito estufa e causador do aquecimento global, subiram e alcançaram níveis recordes em todos os anos nas últimas três décadas.
O Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNISDR, na sigla em inglês) estima que os desastres naturais de todos os tipos causam prejuízos de 250 a 300 bilhões de dólares a cada ano em todo o planeta. 

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/grandes-sinais-do-ceu1400518699/onu-desastres-ambientais-se-tornam-cada-vez-mais-frequentes.html

Mudanças climáticas e avanço do terrorismo estão relacionados !

Evidentemente era para ser uma pegadinha. No sábado (14), na emissora de televisão CBS, o mediador do debate entre os aspirantes à candidatura democrata para a eleição presidencial americana perguntou a Bernie Sanders se ele continuava acreditando que o aquecimento global era "a ameaça mais importante à segurança dos Estados Unidos", como ele havia declarado algumas semanas antes. A pergunta era quase retórica. Na véspera, Paris havia sido coberta pelo sangue de atentados terroristas de uma brutalidade inédita na França, e a "urgência climática" parecia desde então relegada a uma questão vagamente secundária.
No entanto, Sanders respondeu que ele mantinha "totalmente" sua opinião. Na verdade, a mudança climática estaria diretamente ligada ao aumento da ameaça terrorista (...), ele explicou. "Se não ouvirmos o que os cientistas nos dizem, veremos países no mundo inteiro —como diz a CIA— brigando pelo acesso à água, pelo acesso às terras aráveis, e veremos surgir todo tipo de conflito." 

Certeza incômoda 

Traçar uma ligação entre segurança e aquecimento global é motivo de riso para algumas pessoas. No entanto, essa associação é uma certeza, e uma certeza suficientemente incômoda para ser sistematicamente esquecida e regularmente redescoberta.
Em março de 2008, o alto representante da União Europeia para Relações Exteriores e Política de Segurança transmitiu aos Estados-membros um relatório inequívoco sobre o assunto. Sete anos depois, não há como não constatar seu caráter premonitório. O texto avaliava que o aquecimento agia como um multiplicador de ameaças "em zonas que já passam por tensões sociais, políticas, religiosas e étnicas."
"No futuro as mudanças climáticas poderão ter consequências sobre a estabilidade social e política no Oriente Médio e no norte da África", detalhava o relatório, que apontava "as tensões ligadas à gestão dos recursos hídricos do vale do Jordão e da bacia do Tigre e do Eufrates, que estão rareando" e o agravamento dessas tensões pelo aumento das temperaturas.
Ele também enfatizava "um aumento sensível da população do Magreb e do Sahel" ao longo dos próximos anos que, combinado com o aquecimento global e a diminuição das superfícies agrícolas, poderia acarretar uma "desestabilização política" e "aumentar as pressões migratórias". O mesmo alerta valeria para o Iêmen.
Quase todas as zonas identificadas em 2008 como as mais sensíveis ao aquecimento global —desde a Mesopotâmia até o Levante, passando pelo Iêmen, Sahel e norte da África— mergulharam sete anos depois em instabilidade ou caos, um caos que teve como monstruoso rebento os atentados de Paris.
O caso da Síria foi, em especial, objeto de diversos estudos, que pesquisavam o papel do clima na situação atual. Francesca de Châtel (Universidade Radboud de Nijmegen, na Holanda), especialista em questões de gestão hídrica no Oriente Médio, traçou uma crônica perturbadora sobre o país, publicada em janeiro de 2014 na revista "Middle Eastern Studies". O cenário combina um pesadelo ambiental com uma negligência quase que total do governo sírio na gestão de suas consequências.
Entre 2007 e 2010, reforçada pelo aquecimento global, uma seca de gravidade jamais vista desde o início das medições meteorológicas se instalou na região. A ONU estima que 1,3 milhão de sírios estejam sendo afetados por ela. Em 2008, pela primeira vez em sua história, a Síria teve de importar trigo. No ano seguinte, mais de 300 mil agricultores desertaram o nordeste do país por não conseguirem prosseguir com suas atividades, pois não somente não tem chovido, como um grande número de lençóis freáticos sobre-explorados desde os anos 1980 secaram... Em 2010, 17% da população síria se encontrava em situação de insegurança alimentar.
É claro, os determinantes ambientais não invalidam em nada os outros que costumam ser apontados, sejam eles religiosos, políticos, étnicos etc. Mas o papel deles é claro: como pensar que a destruição parcial da produção primária de um país pode não ter efeito nenhum sobre sua estabilidade e a segurança de seus vizinhos? 

Referências

Em um estudo publicado em maio no "Journal of Development Economics", Matthias Flückiger e Markus Ludwig, da Universidade da Basileia, na Suíça, fizeram uma ilustração extraordinária dessa associação entre meio ambiente e segurança. Os dois economistas analisaram os dados relativos aos atos de pirataria ao largo de uma centena de países, e à abundância de plâncton nas mesmas águas. Segundo seus cálculos, quando a quantidade de plâncton cai 10%, o número de atos de pirataria aumenta o mesmo tanto...
Por ser estranha às nossas referências habituais, essa correlação pode surpreender, mas ela não é tão espantosa assim. O plâncton, que é afetado pelo aquecimento das águas, forma a base da cadeia alimentar marinha. Quando ele começa a faltar, a pesca sofre. Os pescadores se veem então com barcos que não servem mais para pescar, e então vão atrás de alguma outra atividade que lhes permita compensar, a pirataria sendo uma delas.
A organização Estado Islâmico (EI), ao atacar Paris, mudou as prioridades da agenda política. A decisiva conferência sobre o clima que deve ter início no dia 30 de novembro na capital francesa passou para segundo plano. É uma má notícia para o combate ao aquecimento global. Já para o EI e todos aqueles que prosperam com o desespero dos mais pobres, é uma formidável vitória. 

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/mudancas-climaticas-e-avanco-do-terrorismo-estao-relacionados.html

Poderosa tempestade solar pode gerar caos nos Estados Unidos !

Cientistas da Nasa e da Academia Nacional de Ciências, dos EUA, concluíram um surpreendente estudo que detalha minuciosamente o que pode acontecer em nossa moderna sociedade tecnológica caso ocorra um super flare solar seguido de uma extrema tempestade geomagnética. O estudo mostra que quase nada estaria imune à tempestade, nem mesmo a água das residências. 
Explosao Solar
De acordo com as 132 páginas do relatório, o problema começa com as redes de distribuição, consideradas o pilar de sustentação de praticamente todos os serviços modernos existentes e que é extremamente vulnerável às instabilidades do tempo espacial.
Isso acontece devido às extensas linhas de transmissão que agem como antenas quilométricas, captando as correntes elétricas geradas durante as tempestades geomagnéticas. A sobretensão provocada pela tempestade é induzida nos transformadores do sistema de distribuição, que a propaga em toda a região servida causando diversos problemas no abastecimento elétrico. 
O mais famoso caso de um surto provocado por tempestade geomagnética ocorreu na moderna cidade de Québec, no Canadá, em março de 1989. Naquela ocasião mais de seis milhões de pessoas ficaram sem energia elétrica durante nove horas. 

Simulação

Para estimar o tamanho da pane que uma falha desse tipo pode causar os cientistas empregaram os dados da tempestade geomagnética ocorrida em maio de 1921, que induziu dez vezes mais eletricidade que a tempestade de 1989.
Os dados foram introduzidos no modelo representativo da malha atual de distribuição norte-americana. Para espanto dos pesquisadores os resultados mostraram que um surto semelhante acarretaria a destruição de pelo menos 350 transformadores principais, deixando 130 milhões de pessoas sem energia elétrica. 
Segundo o cientista John Kappenmann, um dos autores do trabalho, a perda de eletricidade atingiria em cheio o setor de infraestrutura social. "A distribuição de água seria afetada em poucas horas, os alimentos perecíveis e medicamentos estragariam entre 12 e 24 horas e os sistemas de aquecimento e resfriamento deixariam de funcionar. Em poucas horas o sistema de telefonia entraria em colapso e o abastecimento de água e combustíveis funcionaria precariamente. 95% da cadeia produtiva moderna deixariam de funcionar", disse Kappenmann. 

Danos Catastróficos

De acordo com a simulação, uma repetição do Evento Carrington poderia causar pesados danos sociais e econômicos. A sobrecarga poderia ser acompanhada de blackouts de radiopropagação e falhas nos satélites de comunicação e GPS, ocasionando a queda dos sistemas bancários e serviços emergenciais. Devido à falha os transportes também sofreriam com problemas de abastecimento de todos os tipos e os hospitais entrariam em colapso por tempo indeterminado. 
O estudo mostra que a extensão do problema está diretamente ligada ao tempo necessário ao reparo das linhas. A substituição de transformadores de milhares de toneladas não é imediata, podendo levar semanas ou até meses para ser concluída. As perdas estimadas pela equipe ultrapassariam 2 trilhões de dólares, cerca de 20 vezes mais que os custos do furacão Katrina.

A mais intensa

A tempestade geomagnética mais intensa que se tem registro foi denominada Evento Carrington e ocorreu entre agosto e setembro de 859. A intensa tempestade foi testemunhada pelo astrônomo britânico Richard Carrington, que observou a tempestade através da projeção da imagem do sol em uma tela branca. Na ocasião, a atividade geomagnética disparou uma série de explosões nas linhas telegráficas, eletrocutando técnicos e incendiando os papéis das mensagens em código Morse.
Relatos informam que auroras boreais foram vistas até nas latitudes médias ao sul de Cuba e Havaí. Nas Montanhas Rochosas, no oeste da América do Norte, as auroras eram tão brilhantes que acordavam os camponeses antes da hora, que pensavam estar amanhecendo. As melhores estimativas mostram que o Evento Carrington foi 50% mais intenso que a supertempestade de maio de 1921.

Fonte: http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Estudo:_Poderosa_tempestade_solar_pode_gerar_caos_nos_EUA&posic=dat_20090123-104001.inc

Polo Magnético está em deslocamento !

CONFIRMADO: CAMPOS MAGNÉTICOS
ESTÃO SE "ALTERANDO"

Cientista confirma polo magnético em deslocamento !
O Norte "Magnético" do planeta Terra está "se movendo" (cerca de 60 km) por ano, em direção à Rússia — e nenhum cientista sabe explicar exatamente por que isso está acontecendo...
Arnaud Chulliat, geofísico do "Instituto de Física do Globo" - de Paris, afirma que existe uma "misteriosa força magnética" - que está "empurrando" o Norte magnético para um novo local. 
Enquanto isso, cientistas têm evidências de que o centro magnético do planeta "se inverte" a cada 300 mil anos (norte vira sul, sul vira norte). 
Cientistas já descobriram que a "força do campo magnético" do planeta diminuiu muito – um fato que faz com que alguns especialistas acreditem que o campo poderia desaparecer completamente nos próximos mil anos...
Outros cientistas acreditam que isso se deve simplesmente a "flutuações" no campo Magnético...
Se a primeira teoria se concretizar, o processo terá conseqüências catastróficas sobre acivilização humana....
Sem um "campo magnético", NADA protegerá das radiações que vêm do espaço, e o clima ficaria completamente "maluco" – e o sol queimaria todos os de navegação/VÔOS/Comunicações/etc - além de "fritar" todos...
Além disso, milhares de espécies animais que migram, ficariam completamente perdidas,
o que afetaria várias cadeias alimentares...
 Fonte: http://jsomokovitz.blogspot.pt/



domingo, 22 de novembro de 2015

Cientistas descobrem mutação que torna bactérias imbatíveis !

Após descoberta de bactérias resistentes a medicamentos da última linha de defesa humana contra infecções,cientistas alertam,que,o mundo está no limiar de uma "era pós-antibiótico" !

Um estudo divulgado na revista científica Lancet identificou, em pacientes e animais na China, bactérias que resistem à colistina, um potente antibiótico.
Os autores concluem que essa resistência pode se espalhar pelo mundo, trazendo consigo a ameaça de infecções intratáveis.
Especialistas afirmam que esse desdobramento precisa ser visto como um alerta mundial.
Se bactérias se tornarem completamente resistentes a tratamentos - o chamado "apocalipse antibiótico" -, a medicina pode ser lançada novamente em uma espécie de Idade Média.
Infecções comuns voltariam a causar mortes, enquanto cirurgias e tratamentos de câncer, que apostam em antibióticos, ficariam sob ameaça. 

Mutação


Cientistas chineses identificaram uma mutação genética, denominada gene MCR-1, que permite às bactérias se tornarem altamente resistentes à colistina (também conhecida como polimixina), antibiótico geralmente usado como último recurso no caso de ineficácia de medicamentos.
Ela foi encontrada em um quinto dos animais testados, 15% de amostras de carne crua e em 16 pacientes.
E a resistência se espalhou por um leque de cepas e espécies de bactérias, como E. coli, Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa.
Também há evidências de que a resistência já chegou ao Laos e à Malásia.
O colaborador do estudo Timothy Walsh, da Universidade de Cardiff, afirmou à BBC: "Todos os atores chave estão agora em campo para tornar o mundo pós-antibiótico uma realidade.
"Se o MRC-1 se tornar global, o que é uma questão de tempo, e se o gene se alinhar com outros genes resistentes a antibióticos, o que é inevitável, então teremos provavelmente chegado ao começo de uma era pós-antibiótico.
"E se nesse ponto um paciente estiver gravemente doente, por exemplo, com E. coli, não haverá praticamente nada a se fazer."
A resistência à colistina já havia sido detectada antes.
Contudo, a diferença desta vez é que a mutação surgiu numa forma em que é facilmente compartilhada entre bactérias.
"A taxa de transferência desse gene de resistência é ridiculamente alta, e isso não é bom", disse o microbiologista Mark Wilcox, do centro de hospitais universitários de Leeds, na Inglaterra.
O centro de Wilcox agora está lidando com inúmeros casos por mês em que "lutam para encontrar um antibiótico" - algo que há cinco anos seria muito raro, ele diz.
Para o microbiologista, não houve um evento a marcar o começo do "apocalipse antibiótico", mas está claro que "estamos perdendo a batalha". 

'Intratável' 

A preocupação é que o novo gene da resistência se associe a outros que assolam hospitais, produzindo bactérias resistentes a todos os tratamentos, o que é conhecido como pan-resistência.
"Se eu temo que chegaremos a uma situação de um organismo intratável? Basicamente, sim. Se acontecerá neste ano, no outro ou no seguinte, é muito difícil dizer", afirmou Wilcox.
Há sinais de que o governo chinês está agindo de forma rápida para combater esse problema.
Walsh, da Universidade de Cardiff, terá encontros com os ministros da Agricultura e da Saúde da China para discutir um eventual banimento da colistina para uso na agricultura.
A professora Laura Piddock, do grupo de ativismo britânico Antibiotic Action, disse que esse mesmo antibiótico "não deveria ser usado em saúde humana e animal".

"Espero que a era pós-antibiótico ainda não tenha chegado. Mas esse é um alerta para o mundo."

Ela diz considerar que a chegada dessa era "depende da infecção, do paciente e se há tratamentos alternativos disponíveis", pois combinações de antibióticos ainda poderão ser efetivas.
Um comentário feito ao artigo da revista científica Lancet aponta que as implicações do novo estudo são "enormes", e a menos que haja mudanças significativas, médicos irão enfrentar "um número crescente de pacientes para os quais teremos que dizer: 'Desculpe, não há nada que eu possa fazer para curar sua infecção'". 

Fonte:http://www.ultimosacontecimentos.com.br/pestes/cientistas-descobrem-mutacao-que-torna-bacterias-imbativeis.html

Cinco “faíscas” que poderão dar início à Terceira Guerra Mundial !

Os líderes de todos os países devem ter em mente os potenciais perigos dos jogos de guerra e fazer o que for preciso para impedir a escalada dos conflitos mais perigosos do mundo, considera Robert Farley, um especialista sênior da Universidade de Kentucky.

1. Conflito na Síria

O primeiro dos conflitos de alto risco é a guerra na Síria, escreve Farley em um artigo para o The National Interest. A propagação do Estado Islâmico é uma das maiores preocupações do mundo, incluindo da Rússia, da França e dos EUA. Mas, mesmo se esses países se juntarem numa coalizão, as tensões internas dentro da aliança poderão aumentar devido a haver planos diferentes sobre o futuro da Síria.
A guerra entre as forças externas no território sírio poderá arrastar rapidamente para o conflito tais países como a Turquia, o Irã e a Arábia Saudita, bem como outros países de zonas distantes do globo.

2. Índia e Paquistão

O difícil relacionamento entre a Índia e o Paquistão, capaz de se deteriorar a qualquer momento, é uma outra possível "faísca". Se os grupos radicais apoiados por Islamabad realizarem atentados terroristas na Índia como aqueles que ocorreram em Mumbai em 2008, a paciência de Nova Deli não se manterá por muito tempo. Neste cenário, se o Paquistão sofrer uma grande derrota às mãos da Índia, o uso de armas nucleares táticas poderá ser visto por Islamabad como a única maneira de resolver a situação depois de esta ter escalado, observa Farley.
Ele continua dizendo ser muito provável, nessa situação, que os EUA, que reforçaram os seus laços com a Índia nos últimos anos, venham a entrar na guerra, assim como a China, que poderia tomar o lado do Paquistão. 

3. China e Japão

A terceira razão possível poderia aparecer no mar da China Oriental, onde durante os últimos dois anos a China e o Japão têm vindo a jogar um perigoso jogo político sobre as Ilhas Senkaku/Diaoyu. Ambos os Estados reivindicaram esses territórios e implantaram as suas Forças Armadas nas zonas próximas. Se esse conflito deflagrar, os Estados Unidos estão vinculados por um acordo de cooperação e segurança a ficar do lado do seu aliado de longo prazo, o Japão.
Farley observa que, em tal situação, a China provavelmente agirá primeiro, lançando um ataque contra a infraestrutura militar dos Estados Unidos na região.

4. China e EUA

Além disso, a situação no mar da China Meridional continuou a suscitar a preocupação mundial por causa do confronto entre os EUA e unidades navais e aéreas chinesas. A perda de autocontrole por qualquer um dos lados pode resultar em consequências terríveis. Uma guerra entre Pequim e Washington seria uma catástrofe em si, mas o ponto aqui, de acordo com Farley, é que muito provavelmente o Japão e a Índia se intrometeriam na guerra. 

5. Crise Ucraniana


E, finalmente, o último ponto da lista de Farley é a crise na Ucrânia. O resultado de toda a situação depende em grande parte em que medida a OTAN está pronta a interferir nos assuntos internos do país, destacou o especialista.
Se a OTAN intervier na Ucrânia, a Rússia será forçada a tomar contramedidas. Além disso, qualquer ataque a qualquer dos países-membros da aliança poderá desencadear uma ofensiva da OTAN.
Farley conclui dizendo que as potências mundiais não conseguem entender como os jogos de guerra são perigosos. A verdade é que, hoje em dia, os líderes dos países mais poderosos devem permanecer vigilantes e mitigar as crises ao redor do mundo, ao invés de as escalar. 

Fonte: http://www.ultimosacontecimentos.com.br/artigos/5-faiscas-que-poderao-dar-inicio-a-terceira-guerra-mundial.html

Rússia adverte Estados Unidos para sangrenta batalha diante do período de Ação de Graças !

Um relatório sombrio do Serviço de Inteligência Externa (SVR) que  circula no Kremlin adverte hoje que os Estados Unidos estarão enfrentando um "banho de sangue em potencial" durante semanas seguintes ao período de ação de graças nas mãos de terroristas do Estado Islâmico (ISIS / ISIL / Daesh) -os líderes dos quais estão agora a ser ativamente procurados depois que eles foram secretados na América por um top US General de Exército   demitido pelo presidente Obama, poucas horas antes do Massacre da sexta-feira 13 de Paris.
De acordo com analistas de inteligência de RVS, e como já relatado em nosso relatório intitulado Somente judeus foram salvos depois  da França Ignorar aviso russo-israelense de Massacre,em Paris a Federação emitiu um boletim em  12 nov com aviso à Direção Geral da Segurança Externa da França (DGSE) que um ataque terrorista estava para acontecer e um  aviso de que foi, vergonhosamente, ignorado.
Fazendo com que este aviso extraordinário a ser emitido e  a serem emitidas pela SVR para o DGSE, o relatório explica, foi o rastreamento de movimentos e comunicações de terroristas do  Estado Islâmico conhecidos para estar planejando 4 ataques dos quais foram secretamente transportados da Síria para a Base Aérea de  Incirlik na Turquia, onde, em seguida, embarcaram em um voo de carga do exército dos EUA com destino a Base Joint  de Andrews localizado perto de Washington DC
Quem autorizou o transporte desses terroristas do Estado Islâmico para a América, este relatório continua, foi   tenente-general de  Exército dos EUA Ron Lewis-que além de ser o principal assessor do Pentágono para o secretário de Defesa Ashton Carter, também tinha sido o principal elo de ligação entre o Pentágono e a França na semana passada para um exercício maciço de terror que teve lugar na manhã da sexta-feira o 13o Massacre Paris.
Horas antes do início do exercício de massa-shooter em Paris na manhã de 13 de Novembro, este relatório diz que é importante notar, os 4 líderes terroristas islâmicos que foram secretadas para fora da Síria para Washington DC foram trazidos para o Pentágono para se encontrar com General Lewis (que ele próprio tinha acabado de voltar de Paris) imediatamente depois que o secretário de Defesa Carter disparou ele, o homem apenas um mês atrás, ele tinha elogiado por afirmar: "É meu privilégio, também, a trabalhar em estreita colaboração com alguns dos soldados maravilhosos, e eu quero para ter um momento para reconhecer alguns deles que estão à direita em torno de mim todos os dias, começando com o meu assistente militar sênior, o tenente-general Ron Lewis. Vez após vez, sempre que eu precisava de conselho e de visão de Ron, eu tenho sido capaz de contar com ele. Obrigada meu amigo." 
Quanto ao paradeiro dos 4 terroristas do Estado Islâmico General Lewis foi secretado na América imediatamente antes de sua demissão, este relatório diz, não se sabe neste momento, mas um boletim da polícia secreta interna dos EUA para eles foi emitido, que foi posteriormente tornado público após este grave aviso foi vazado por fontes "anônimas / desconhecidas" a repórter WTTG-TV Emily Miller.
Um relatório sombrio do Serviço de Inteligência Externa (SVR) que  circula no Kremlin adverte hoje que os Estados Unidos estarão enfrentando um "banho de sangue em potencial" durante semanas seguintes ao período de ação de graças nas mãos de terroristas do Estado Islâmico (ISIS / ISIL / Daesh) -os líderes dos quais estão agora a ser ativamente procurados depois que eles foram secretados na América por um top US General de Exército   demitido pelo presidente Obama, poucas horas antes do Massacre da sexta-feira 13 de Paris.
De acordo com analistas de inteligência de RVS, e como já relatado em nosso relatório intitulado Somente judeus foram salvos depois  da França Ignorar aviso russo-israelense de Massacre,em Paris a Federação emitiu um boletim em  12 nov com aviso à Direção Geral da Segurança Externa da França (DGSE) que um ataque terrorista estava para acontecer e um  aviso de que foi, vergonhosamente, ignorado.
Fazendo com que este aviso extraordinário a ser emitido e  a serem emitidas pela SVR para o DGSE, o relatório explica, foi o rastreamento de movimentos e comunicações de terroristas do  Estado Islâmico conhecidos para estar planejando 4 ataques dos quais foram secretamente transportados da Síria para a Base Aérea de  Incirlik na Turquia, onde, em seguida, embarcaram em um voo de carga do exército dos EUA com destino a Base Joint  de Andrews localizado perto de Washington DC
Quem autorizou o transporte desses terroristas do Estado Islâmico para a América, este relatório continua, foi   tenente-general de  Exército dos EUA Ron Lewis-que além de ser o principal assessor do Pentágono para o secretário de Defesa Ashton Carter, também tinha sido o principal elo de ligação entre o Pentágono e a França na semana passada para um exercício maciço de terror que teve lugar na manhã da sexta-feira o 13o Massacre Paris.
Horas antes do início do exercício de massa-shooter em Paris na manhã de 13 de Novembro, este relatório diz que é importante notar, os 4 líderes terroristas islâmicos que foram secretadas para fora da Síria para Washington DC foram trazidos para o Pentágono para se encontrar com General Lewis (que ele próprio tinha acabado de voltar de Paris) imediatamente depois que o secretário de Defesa Carter disparou ele, o homem apenas um mês atrás, ele tinha elogiado por afirmar: "É meu privilégio, também, a trabalhar em estreita colaboração com alguns dos soldados maravilhosos, e eu quero para ter um momento para reconhecer alguns deles que estão à direita em torno de mim todos os dias, começando com o meu assistente militar sênior, o tenente-general Ron Lewis. Vez após vez, sempre que eu precisava de conselho e de visão de Ron, eu tenho sido capaz de contar com ele. Obrigada meu amigo."
Quanto ao paradeiro dos 4 terroristas do Estado Islâmico General Lewis foi secretado na América imediatamente antes de sua demissão, este relatório diz, não se sabe neste momento, mas um boletim da polícia secreta interna dos EUA para eles foi emitido, que foi posteriormente tornado público após este grave aviso foi vazado por fontes "anônimas / desconhecidas" a repórter WTTG-TV Emily Miller.
Um relatório sombrio do Serviço de Inteligência Externa (SVR) que  circula no Kremlin adverte hoje que os Estados Unidos estarão enfrentando um "banho de sangue em potencial" durante semanas seguintes ao período de ação de graças nas mãos de terroristas do Estado Islâmico (ISIS / ISIL / Daesh) -os líderes dos quais estão agora a ser ativamente procurados depois que eles foram secretados na América por um top US General de Exército   demitido pelo presidente Obama, poucas horas antes do Massacre da sexta-feira 13 de Paris.
De acordo com analistas de inteligência de RVS, e como já relatado em nosso relatório intitulado Somente judeus foram salvos depois  da França Ignorar aviso russo-israelense de Massacre,em Paris a Federação emitiu um boletim em  12 nov com aviso à Direção Geral da Segurança Externa da França (DGSE) que um ataque terrorista estava para acontecer e um  aviso de que foi, vergonhosamente, ignorado.
Fazendo com que este aviso extraordinário a ser emitido e  a serem emitidas pela SVR para o DGSE, o relatório explica, foi o rastreamento de movimentos e comunicações de terroristas do  Estado Islâmico conhecidos para estar planejando 4 ataques dos quais foram secretamente transportados da Síria para a Base Aérea de  Incirlik na Turquia, onde, em seguida, embarcaram em um voo de carga do exército dos EUA com destino a Base Joint  de Andrews localizado perto de Washington DC
Quem autorizou o transporte desses terroristas do Estado Islâmico para a América, este relatório continua, foi   tenente-general de  Exército dos EUA Ron Lewis-que além de ser o principal assessor do Pentágono para o secretário de Defesa Ashton Carter, também tinha sido o principal elo de ligação entre o Pentágono e a França na semana passada para um exercício maciço de terror que teve lugar na manhã da sexta-feira o 13o Massacre Paris.
Horas antes do início do exercício de massa-shooter em Paris na manhã de 13 de Novembro, este relatório diz que é importante notar, os 4 líderes terroristas islâmicos que foram secretadas para fora da Síria para Washington DC foram trazidos para o Pentágono para se encontrar com General Lewis (que ele próprio tinha acabado de voltar de Paris) imediatamente depois que o secretário de Defesa Carter disparou ele, o homem apenas um mês atrás, ele tinha elogiado por afirmar: "É meu privilégio, também, a trabalhar em estreita colaboração com alguns dos soldados maravilhosos, e eu quero para ter um momento para reconhecer alguns deles que estão à direita em torno de mim todos os dias, começando com o meu assistente militar sênior, o tenente-general Ron Lewis. Vez após vez, sempre que eu precisava de conselho e de visão de Ron, eu tenho sido capaz de contar com ele. Obrigada meu amigo."
Quanto ao paradeiro dos 4 terroristas do Estado Islâmico General Lewis foi secretado na América imediatamente antes de sua demissão, este relatório diz, não se sabe neste momento, mas um boletim da polícia secreta interna dos EUA para eles foi emitido, que foi posteriormente tornado público após este grave aviso foi vazado por fontes "anônimas / desconhecidas" a repórter WTTG-TV Emily Miller.
O SVR, no entanto, no seu acompanhamento destes 4 terroristas de um Estado Islâmico desde a última vez que apareceram na câmera na estação de metro do Pentágono, este relatório continua, mostra-lhes viajar para Boston, Massachusetts, região onde, "coincidentemente", tem  um arsenal do exército dos EUA que  foi relatado por ter sido assaltado, onde uma quantidade substancial de armas e explosivos foram roubados.
Combinado com estes 4 líderes  terroristas do Estado Islâmico agora nos Estados Unidos, este relatório salienta ainda, relatos persistentes de terroristas sírios entrando  na América continuam a inundar em incluindo os 8 terroristas sírios capturados na fronteira do Texas e outro cinco presos em Honduras pegos viajando para os EUA usando passaportes gregos roubados.
Não para os terroristas capturados do  Estado Islâmico a entrar na América é o SVR preocupado com qualquer um, este relatório estatal, mas sim, é que esses terroristas não tenham sido capturados-como os terroristas islâmicos invadem os EUA encontraram residência em Kentucky no ano passado depois que eles entraram nos Estados Unidos através do seu programa de refugiados.
Quanto ao porquê de os Estados Unidos estão se preparando para atacar a si mesmos novamente em mais uma falsa bandeira"acontecimento", este relatório diz, foi melhor articulado hoje cedo pelo ministro dos Negócios Estrangeiros Lavrov, que disse: "A OTAN está agora ativamente à procura de um inimigo, porque ela tem mais uma vez começado a procurar o propósito de sua existência após a campanha afegã falhar. "
E não apenas à procura de um inimigo, este relatório explica, mas, na verdade, quer criar um maior número  o que para  especialistas mundiais estão se perguntando por que os Estados Unidos ainda não cortaram as fontes de financiamento aos islâmicos do ISIS que o presidente Putin advertiu sobre esta semana em seu notado discurso de  que estes terroristas estão a ser financiados por 40 países, incluindo os que pertencem ao G-20.
Não jogar o "jogo" dos Estados Unidos com estes terroristas do  Estado Islâmico no entanto, este relatório continua, agora inclui a China após esses bárbaros executaram  um de seus cidadãos tinham sido  anteriormente colocados à venda.
Com o Massacre da sexta-feira  13 em Paris, também, agora a ser confirmado para ter sido orquestrado pelo Ocidente , este relatório diz, o presidente francês, Hollande tem agora atritado com os Estados Unidos dizendo ao presidente Obama sua nação não vai esperar por liderança norte-americana na luta contra estes terroristas do estado islâmico em uma postura que foi rapidamente acolhida pela Federação e causando ao Presidente Putin para emitir ordens  para que a Marinha russa a trabalhar com os seus homólogos franceses na condução dessa guerra.
E agora com a Federação, França e China dedicados a travar uma guerra total contra o Estado islâmico, este relatório adverte severamente, tudo o que resta  para os Estados Unidos de sofrer um ataque incapacitante como Paris-que os analistas de RVS, notam que poderia ocorrer já na próxima semana durante esse feriado de Ação de Graças  nacional, o que irá, sem dúvida, mergulhar os americanos em mais terror.
Mas, para a maior preocupação do SVR, este relatório conclui, é que até o Estado Islâmico expandindo essa guerra por atos de terror pode parecer um auto-destrutivo a move-lo está diretamente de acordo com o que esses bárbaros anunciaram como sua primordial, apocalíptica missão: para atrair os incrédulos do mundo para a Síria para uma batalha final bem ao estilo Armageddon.
 
Fonte: http://whatdoesitmean.com/
 
 

Arca de Noé em tamanho real será inaugurada em 2016

Lançado em 2010, o projeto de construção do parque temático bíblico Ark Encounter [Encontro com a Arca], no estado americano de Kentucky, anunciava uma réplica da Arca de Noé em escala real. A iniciativa é do ministério Answers in Genesis (AiG), que já cuida do Museu da Criação, onde desde 2007 há cenários em tamanho real de histórias da Bíblia.
Com foco na defesa do criacionismo, o AiG é presidido pelo pastor Ken Ham que sempre lutou contra as críticas tanto de ateus quanto de cristãos liberais. Esta semana foi anunciado que a inauguração do parque ocorrerá no dia 7 de julho de 2016. A data foi escolhida por causa do capítulo e versículo que fala quando Noé e sua família entraram na Arca – Gênesis 7:7.
O custo estimado é de US$ 91,5 milhões (mais de R$ 345 milhões). Seu objetivo declarado é que as pessoas “não esqueçam das verdades da Palavra de Deus”. O presidente do AiG declarou à imprensa que sua réplica da arca, “será uma das maravilhas do mundo moderno”.
O anúncio feito à imprensa explica que a arca ficará aberta 24 horas por dia nos primeiros 40 dias. Eles esperam receber 1,6 milhões de visitantes no primeiro ano. Os ingressos custam 40 dólares para adultos e 28 para crianças.
Ela segue rigorosamente as dimensões mencionadas no sexto capítulo de Gênesis, medindo 150 metros de comprimento, 25 metros de largura e 15 metros de altura. Contudo, ela não abrigará animais. O Answers in Genesis [Respostas em Gênesis] é conhecido por sua dedicação em defender uma interpretação literal do Livro de Gênesis, sempre questionando a teoria da evolução e mostrando que seres humanos conviveram com dinossauros.

Fonte: http://portugalmisterioso.blogspot.pt/

LinkWithin

´ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...