segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cientistas conseguem reverter envelhecimento celular

Cientistas franceses conseguiram recuperar a juventude de células de doadores centenários, ao reprogramá-las ao estágio de células-tronco, demonstrando assim que o processo de envelhecimento é reversível.

Trabalhos sobre a possibilidade de apagar as marcas do envelhecimento celular, publicados na edição desta terça-feira da revista especializada "Genes & Development", marcam uma nova etapa na direção da medicina regenerativa com vistas a corrigir uma patologia, ressaltou Jean-Marc Lemaitre, do Instituto de Genômica Funcional (Inserm/CNRS/Université de Montpellier), encarregado destas pesquisas.


Segundo um cientista do Inserm, outro resultado importante destes trabalhos é compreender melhor o envelhecimento e corrigir seus aspectos patológicos.

As células idosas foram reprogramadas 'in vitro' em células-tronco pluripotentes iPSC (sigla em inglês para células-tronco pluripotentes induzidas) e, com isso, recuperaram a juventude e as características das células-tronco embrionárias (hESC).

Estas células podem se diferenciar dando origem a células de todos os tipos (neurônios, células cardíacas, da pele, do fígado...) após a terapia da "juventude" aplicada pelos cientistas.

Desde 2007 os cientistas demonstraram ser capazes de reprogramar as células adultas humanas em células-tronco pluripotentes (iPSC), cujas propriedades são semelhantes às das células-tronco embrionárias. Esta reprogramação a partir de células adultas evita as críticas ao uso de células-tronco extraídas de embriões.
Nova etapa

Até agora, a reprogramação de células adultas tinha um limite, a senescência, última etapa do envelhecimento celular. A equipe de Jean-Marc Lemaitre acaba de superar este limite.

Os cientistas primeiro multiplicaram células da pele (fibroblastos) de um doador de 74 anos para alcançar a senescência, caracterizada pela suspensão da proliferação celular.

Em seguida, eles fizeram a reprogramação 'in vitro' destas células. Como isto não foi possível com base em quatro fatores genéticos clássicos de transcrição (OCT4, SOX2, C MYC e KLF4), eles adicionaram outros dois (NANOG e LIN28).

Graças a este novo 'coquetel' de seis ingredientes genéticos, as células senescentes reprogramadas recuperaram as características das células-tronco pluripotentes de tipo embrionário, sem conservar vestígios de seu envelhecimento anterior.

"Os marcadores de idade das células foram apagados e as células-tronco iPSC que nós obtivemos podem produzir células funcionais, de todos os tipos, com capacidade de proliferação e longevidade aumentadas", explicou Jean-Marc Lemaitre.

Os cientistas em seguida testaram com sucesso seu coquetel em células mais envelhecidas,de 92,94,96 até 101 anos.

"A idade das células não é definitivamente uma barreira para a reprogramação", concluíram.
Estes trabalhos abrem o caminho para o uso de células reprogramadas iPS como fonte ideal de células adultas toleradas pelo sistema imunológico para reparar órgãos ou tecidos em pacientes idosos, acrescentou o cientista.









Internautas ajudam a implantar inteligência humana em robôs

Robôs com inteligência artificial avançada são capazes de vencer um campeão de xadrez, mas têm dificuldade para executar tarefas tão simples quanto preparar uma tigela de cereal com leite.

Cientistas começaram a resolver isso dando um passo atrás: implantaram nos robôs inteligência humana, "natural", capturada via web, com ajuda de internautas.


A abordagem se baseia no uso de autômatos que aprendem por demonstração: uma pessoa guia a máquina em uma determinada tarefa, e depois ela repete o que o usuário fez. A ideia surgiu há três décadas, mas problemas práticos impediam o progresso.

"A coisa mais difícil para os robôs é entender o que os humanos querem deles", explica Chad Jenkins, da Universidade Brown, de Rhode Island (EUA), um dos cientistas que têm aprimorado o aprendizado robótico.

É por causa da dificuldade de comunicação, em parte, que robôs versáteis como Rosie, a babá do desenho "Os Jetsons", só existem na ficção. O treino por demonstração só funciona se o robô cumpre a tarefa sob as exatas condições de aprendizado.

Se colocamos uma jarra de leite, uma caixa de cereal e uma tigela numa mesa, podemos ensinar um robô a despejar cereal e leite na tigela. Ao mudarmos os objetos de posição, porém, o autômato fica incapaz de repetir a tarefa sem emporcalhar a mesa.

Cientistas como Wolfgang Ertel, da Universidade de Ciências Aplicadas de Ravensburg em Weingarten, na Alemanha, têm conseguido superar esse problema projetando novos tipos de algoritmo, a "mente" matemática dos autômatos. Kate, a robô criada pelo grupo, é capaz de localizar uma xícara em uma mesa, posicioná-la numa cafeteira e ligar a máquina.

Repetindo a demonstração e mudando a posição do objeto algumas vezes, a robô "entende" o desejo do pesquisador. Ertel recebeu agora uma verba de € 2 mihões para continuar o projeto e tentar fazer Kate realizar tarefas mais complexas.

Alguns movimentos, porém, são tão difíceis para um robô que exigem centenas de repetições da demonstração. Nos EUA, Jenkins resolveu esse problema com o crowdsourcing, a prática que divide atribuições trabalhosas em uma multidão de pequenas tarefas via internet.

Bastou conectar o robô à web e deixá-lo à disposição de quem estivesse disposto a contribuir com o aprendizado do autômato. Deu certo: o cientista já conseguiu ensinar um pequeno robô a navegar em um labirinto.



Estação Espacial Chinesa no Espaço - Tudo pronto para o 1º acoplamento

Alguns dias depois de entrar em órbita, o primeiro módulo da estação espacial Chinesa já receberá sua primeira visita. Nesta terça-feira, um foguete não tripulado partirá do noroeste da China com o objetivo de transportar até o espaço a nave Shenzhou 8, que se acoplará ao módulo recém-lançado.


Colocado no espaço em 29 de setembro de 2011, Tiangong 1, o coração da estação espacial chinesa, é um laboratório espacial de 8,5 toneladas, que será usado como ponto de interconexão entre as diversas partes da Estação. Com o propósito de testar as tecnologias envolvidas, em dois anos Tiangong-1 será descartado.
Em mandarim, Tiangong-1 significa “Palácio Celestial”.
 
O lançamento dessa terça-feira é crucial para os esforços da China em construir sua própria estação. O acoplamento será feito de forma automática e tem como objetivo desenvolver as habilidades tecnológicas e logísticas necessárias ao funcionamento de um laboratório espacial completo, que deverá abrigar astronautas por longos períodos.
 
O lançamento está previsto para as 07h58 pelo horário de Brasília, a partir do Jiuquan Satellite Launch Center, no deserto de Gobi.
 
Segundo a agência espacial chinesa, CNSA, o próximo passo será enviar, já em 2012, duas missões tripuladas à Tiangong-1, que deverão aprimorar ainda mais as técnicas de acoplagem no espaço.


Os testes não tripulados são fundamentais para que os engenheiros chineses determinem se a versão modificada da nave Shenzhou é adequada às viagens tripuladas. De acordo com Wu Ping, porta-voz da agência espacial chinesa, "é muito difícil e arriscado unir dois veículos em órbita, viajando em alta velocidade, com uma margem de erro de no máximo 20 centímetros. Colisões podem ser caras e até mesmo fatais", explicou Ping.
Além da estação espacial, a China planeja pousar um pequeno robô na Lua também em 2012, com grandes possibilidades de enviar um astronauta em 2020.
Para seguir a Estação Espacial Chinesa e prever se poderá ser vista a partir de sua cidade, use o SATVIEW

Fonte :http://www.apolo11.com/spacenews.phptitulo=Tudo_pronto_para_o_primeiro_acoplamento_da_Estacao_Espacial_Chinesa

Telescóspios ajudam a resolver antigo mistério de Supernova

Um mistério que começou há quase 2000 anos, quando astrónomos chineses testemunharam o que viria a ser a explosão de uma estrela no céu, foi resolvido. Novas observações infravermelhas com o Telescópio Espacial Spitzer da NASA e com o WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer), revelam como a primeira supernova documentada da História ocorreu e como os seus restos aniquilados, em última análise, se espalharam a grandes distâncias.

Os achados mostram que a explosão estelar teve lugar numa cavidade oca, permitindo com que o material expelido viajasse muito mais depressa e mais longe do que o esperado.

"Este resto de supernova ficou muito grande, muito depressa," afirma Brian J. Williams, astrónomo da Universidade Estatal da Carolina do Norte em Raleigh, EUA. Williams é o autor principal de um novo estudo detalhando os achados online na revista Astrophysical Journal. "É duas a três vezes maior do que esperávamos, tendo em conta que é uma supernova que explodiu há quase 2000 anos atrás. Agora, fomos capazes de finalmente descobrir a causa." Uma nova imagem da supernova, conhecida como RCW 86, foi colocada online.

Esta imagem combina dados do quatro diferentes telescópios para criar uma imagem em múltiplos comprimentos de onda de tudo o que resta do exemplo documentado mais antigo de uma supernova, denominada RCW 86.
Crédito: NASA/ESA/JPL-Caltech/UCLA/CXC/SAO
(clique na imagem para ver versão maior)

Imagens infravermelhas do Telescópio Spitzer da NASA e do WISE, combinadas nesta composição de RCW 86, os restos do exemplo documentado mais antigo de uma supernova.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA
(clique na imagem para ver versão maior)

No ano 185, astrónomos chineses observaram uma "estrela hóspede" que misteriosamente apareceu no céu e permaneceu visível durante aproximadamente 8 meses. Na década de 60 do século passado, os cientistas determinaram que o misterioso objecto foi a primeira supernova documentada. Mais tarde, calcularam que a supernova RCW 86 estava localizada a cerca de 8000 anos-luz de distância. Mas um mistério persistia. Os restos esféricos da estrela são maiores do que se esperava. Se pudessem ser observados no céu, hoje, no infravermelho, teriam um tamanho relativo superior à da Lua Cheia.

A solução chegou através de novas observações infravermelhas obtidas com o Spitzer e com o WISE, e dados anteriores do Observatório Chandra e do Observatório XMM-Newton da ESA.

Os achados revelam que o evento é uma supernova do "Tipo Ia", criada pela relativamente pacífica morte de uma estrela como o nosso Sol, que depois encolheu até formar uma estrela densa a que chamamos de anã branca. Pensa-se que a anã branca tenha posteriormente explodido após ter roubado matéria, ou combustível, de uma estrela vizinha.

"As anãs brancas são como uma espécie de cinza após um incêndio," afirma Williams. "Se lhe deitamos gasolina, explode."

As observações também mostram, pela primeira vez, que uma anã branca pode criar uma cavidade à sua volta antes de explodir num evento Tipo Ia. A cavidade explica o porquê dos restos de RCW 86 serem tão grandes. Quando a explosão ocorreu, o material expelido viajou sem impedimentos do gás e poeira e espalhou-se rapidamente.

O Spitzer e o WISE permitiram com que a equipa medisse a temperatura da poeira que constitui o resto de RCW 86 a -200º C. Calcularam então a quantidade suficiente de gás, presente dentro do resto, para aquecer a poeira àquela temperatura. Os resultados apontam para um ambiente de baixa-densidade durante grande parte da vida do resto, essencialmente uma cavidade.

Os cientistas inicialmente suspeitavam que RCW 86 era o resultado do colapso do núcleo de uma supernova, o mais poderoso tipo de explosão estelar. Tinham já visto evidências de uma cavidade em torno do resto da explosão e, nessa altura, tais cavidades estavam apenas associadas com o colapso do núcleo da supernova. Nesses eventos, as estrelas massivas libertam material antes de explodirem, esculpindo buracos à sua volta.
Mas outras evidências iam contra o colapso nuclear da supernova. Dados em raios-X obtidos pelo Chandra e pelo XMM-Newton indicavam que o objecto consistia de grandes quantidades de ferro, um sinal tantalizante de uma explosão do Tipo Ia. Em conjunto com observações infravermelhas, foi pintado um quadro da explosão do Tipo Ia e da cavidade.

"Os astrónomos modernos desvendaram um segredo de um mistério com dois milénios, para apenas revelar outro," afirma Bill Danchi, cientista dos programas Spitzer e WISE na sede da NASA em Washington. "Agora, com observações múltiplas que fazem crescer o nosso conhecimento do espaço, podemos apreciar a espectacular física por trás desta morte estelar, e ainda ficar espantados com o Cosmos tal como os astrónomos da Antiguidade."

Fonte: PHYSORG.com

Sites como YouTube e Twitter podem ser banidos nos Estados Unidos - Censura...?


Se você acha que os Estados Unidos passam por problemas demais atualmente, acredite: a situação pode piorar. A publicação de uma lei pelo Senado e pela Câmara dos Representantes do país pode bloquear o acesso a vários sites que funcionam a partir de conteúdo compartilhado pela internet, como o YouTube, o Facebook e o Twitter, entre outras páginas.

De acordo com o Digital Journal, trata-se da chamada Internet Blacklist Bill (ou Protect IP), um projeto de lei que pode impor uma lista negra de endereços que seriam totalmente bloqueados de servidores e mecanismos de busca. Isso aconteceria porque o projeto tem como alvo sites com conteúdo postado por usuários, como o YouTube e as diversas redes sociais.

A partir da lei, os próprios sites (e não os usuários) serão responsabilizados por todo o conteúdo postado no endereço, desde vídeos até comentários. Ou seja, se você inseriu um trabalho com direitos autorais que não pertencem ou não foram entregues a você, o vídeo no YouTube, a música no Myspace ou a postagem no Twitter não seriam só apagados – o site inteiro ficaria fora do ar.

O controverso projeto está sendo chamado de censura nos Estados Unidos. A lei ainda não tem data para entrar em prática. Alguns sites de protesto, como o Demand Progress, falam que as páginas podem ficar fora do ar enquanto essa questão não for resolvida.
As Câmaras responsáveis pela promulgação e aplicação da Internet Blacklist Bill vão se reunir com especialistas e membros de sites que podem sofrer maiores danos para discutir a viabilidade do projeto – e se ele vai mesmo ser publicado com essas medidas radicais de bloqueio.

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/projeto-de-lei/14809-sites-como-youtube-e-twitter-podem-ser-banidos-nos-estados-unidos.htm#ixzz1cJjrYRrH

domingo, 30 de outubro de 2011

Astrônomos capturam imagem rara de planeta em formação

Astrônomos capturaram pela primeira vez a imagem diretamente obtida de um jovem planeta em formação.

O objeto em questão, o LkCA 15b, começou a se formar entre 50 mil a cem mil anos atrás --pouco tempo para os padrões do Universo.

Ilustração artística de como seria a formação de um novo planeta que se encontra a 450 anos-luz da Terra

A 450 anos-luz da Terra, o planeta está concentrando poeira e gás estelar que circula uma estrela com 2 milhões de anos.

Os parceiros na descoberta --Adam Kraus, do Instituto para Astronomia da Universidade do Havaí, e Michael Ireland, da Universidade Macquarie, que também trabalha no Observatório de Astronomia Australiano-- disseram que a estrela jovem está bem no centro de um disco de material estelar que a circunda.

Os cientistas anteriores não puderam observar a formação de um planeta antes porque ela acaba sendo ofuscada pelas luzes de outras estrelas das redondezas.
Para contornar esse problema, a dupla combinou dois métodos que deram resultado alterando como usavam os espelhos do observatório.


sábado, 29 de outubro de 2011

Rússia prepara volta à Estação Espacial


CABO CANAVERAL - Uma nave de carga russa está pronta para decolar no domingo rumo à Estação Espacial Internacional, na esteira de um acidente em um lançamento em agosto que forçou um corte no pessoal a bordo do entreposto orbital.


O cargueiro Progress, programado para decolar às 9h11 (horário de Brasília) do Cosmódromo Baikonur, no Cazaquistão, será o primeiro voo à estação desde que uma falha em um estágio superior de um foguete condenou um cargueiro não tripulado semelhante no dia 24 de agosto.
O motor que falhou é quase idêntico àqueles usados a bordo dos foguetes russos Soyuz, que levam astronautas e cosmonautas à estação, um projeto de 100 bilhões de dólares de 16 nações atualmente orbitando a cerca de 385 quilômetros da Terra.


"Os russos disseram ter detectado a causa (do acidente) como possíveis destroços e entupimento na linha de suprimento de combustível", afirmou Kelly Humphries, porta-voz da Nasa. "Fizeram inspeções e testes adicionais, sobre os quais nos falaram para ter certeza de que está pronto para partir".
Desde que os ônibus espaciais foram aposentados na metade do ano, as cápsulas Soyuz são as únicas naves capazes de conduzir equipes para a estação, um serviço que no momento custa à Nasa estimados 350 milhões de dólares por ano.


Os voos foram suspensos após a falha na Progress, deixando uma equipe de três membros a bordo da estação por um longo período.

"Coisas acontecem durante os lançamentos. São muito dramáticos e chamam a atenção de todos", disse o astronauta e diretor de operações da Nasa, Mark Polansky, à Reuters na Rússia.
"O importante é dizer 'tudo bem, há um problema' e garantir que seja totalmente analisado e que realmente entendemos qual é sua verdadeira causa", afirmou Polansky.


MONOPÓLIO RUSSO


Se o lançamento de domingo for bem sucedido, uma nova tripulação voará para o entreposto no dia 13 de novembro. Sua chegada prevista para o dia 15 deixará seis dias de intervalo até a equipe atual partir, e seus substitutos deixarão a Terra entre 21 e 26 de dezembro.
Se a partida fracassar, a estação provavelmente ficará sem cuidados após o retorno da presente tripulação no mês que vem. A estação jamais ficou desabitada desde a chegada de sua primeira equipe no dia 2 de novembro de 2000.


Para abrir espaço para o novo cargueiro, que deve se acoplar na quarta-feira, os tripulantes preencheram uma velha cápsula Progress de lixo e itens de que não necessitam mais. O novo carregamento leva 2,8 toneladas de alimento, combustível e suprimentos, incluindo um par de iPads.
A Nasa busca 850 milhões de dólares neste ano para ajudar empresas privadas sediadas nos EUA a desenvolver táxis espaciais, com o objetivo de romper o monopólio russo de voos à estação antes do final de 2016.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/russia-prepara-volta-a-estacao-espacial-29102011-2.shl

ETs que se cuidem... Japoneses criam primeira esfera voadora

Técnicos japoneses desenvolveram aquilo que pode ser a primeira máquina esférica voadora – e eles fazem questão de garantir isso. Foi um projeto que nasceu no Ministério da Defesa do Japão. Trata-se de uma bola que se sustenta no ar por meios próprios e pode ser um equipamento importante para buscas, reconhecimento aéreo e pesquisas. Desenvolvida principalmente para ser utilizada em ações de segurança em áreas urbanas em risco, o globo voador pode viajar a 60 km/h.
A esfera plana como um helicóptero, mas acelera e se comporta no ar como um avião. Por conta de três giroscópios instalados em seu interior, ela consegue se manter parada no ar, se mover e parar sem risco de perda do equilíbrio. Guiada por controle remoto, a esfera é monitorada da terra e pode ir a todo tipo de lugar por conta de suas dimensões reduzidas. E foi desenhada para suportar impactos com paredes, prevendo pilotos desastrados e momentos de grande tensão.
O custo do globo voador também é pequeno. Com US$ 1.400 a equipe garante ser capaz de montar uma dessas. É um custo significativamente inferior do que a maioria dos aparelhos concorrentes, chamados de UAV – sigla em inglês para aeronave não tripulada.
Uma evolução desejável destas esferas seria a capacidade, no futuro, de que elas mesmas dirijam seu voo a partir da visão de suas câmeras, dispensando a necessidade de operadores em terra e da possível interferência no comando remoto via rádio. O comando e o comportamento da esfera são tão sensíveis que qualquer um que esteja controlando seu voo precisa ser capaz de vê-la no ar.

Fonte:  http://www.progresso.com.br/caderno-b/tecnologia-e-games/japoneses-criam-primeira-esfera-voadora

Mundo terá 7 bilhões de pessoas no fim de outubro, diz ONU... Se cumprirá a redução da população?

O mundo vai alcançar no fim de outubro a marca de 7 bilhões de pessoas, número que representa conquistas e desafios e, principalmente, afetará as regiões mais pobres, advertiu nesta quarta-feira em Londres o diretor-executivo do Fundo de População das Nações Unidas, Babatunde Osotimehin.
O documento "Estado da População Mundial 2011", apresentado nesta quarta-feira na capital britânica, considera as tendências que definem o mundo e analisa alguns dos paradoxos propostos pelo aumento do número de habitantes apesar das mulheres terem cada vez menos filhos em relação aos anos 60.
Para a elaboração do relatório, a ONU analisou as tendências de nove países: China, Egito, Etiópia, Finlândia, Índia, México, Moçambique, Nigéria e a ex-República Iugoslava da Macedônia e detectou que apesar dos avanços no combate a pobreza, a desigualdade social continua crescendo.
O marco dos 7 bilhões de pessoas no fim de outubro "representa um desafio, uma oportunidade e um chamado à ação", alertou nesta quarta-feira Osotimehin.
A crescente diferença entre ricos e pobres é outro grande desafio deste mundo superpovoado, assim como o fato de que ainda persistam as disparidades entre os países e dentro de um mesmo Estado.
As desigualdades quanto aos direitos e oportunidades de homens e mulheres é outro dos pontos sublinhados no relatório, que ressalta a importância de traçar um caminho de desenvolvimento para promover a igualdade.
Para 2050, a ONU prevê uma população mundial de 9,3 bilhões de pessoas e para o final do século mais de 10 bilhões. EFE

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI275354-16418,00-MUNDO+TERA+BILHOES+DE+PESSOAS+NO+FIM+DE+OUTUBRO+DIZ+ONU.html

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Asteroide passará perto da Terra no dia 8 de Novembro

Imagem feita em 2010 do asteroide: cientistas esperam melhorar resolução com aproximação da Terra


São Paulo- Cientistas da Nasa se preparam para um importante evento: a aproximação de um asteroide de 400 metros.


O 2005 YU55 estará, em seu ponto de aproximação, no dia 8 de novembro, a 324 mil km da Terra – ou 85% da distância até a Lua. A última vez que uma rocha desse tamanho chegou tão perto do planeta foi em 1976, e a próxima passagem de um asteroide tão próximo e tão grande será em 2028.

Esta também é a menor distância que o 2005 YU55 já chegou do nosso planeta nos últimos 200 anos (ele tem uma trajetória bastante estudada e passa próximo à Terra, Marte e Vênus). Apesar disso, a Nasa garante que não haverá nenhum problema com a passagem: a força gravitacional do asteroide não terá efeitos detectáveis em nós, nos mares ou placas tectônicas do planeta.


Ao invés de representar perigo, o asteroide é uma grande oportunidade de estudo. Pesquisadores se preparam para usar as antenas de 70 metros da rede Deep Space em Goldstone, Califórnia.


Com ondas de rádio, o equipamento começará a rastrear o objeto na manhã do dia 4 de novembro, durante duas horas. Depois, o monitoramento continua com 4 horas de observações diárias entre 6 e 10 de novembro.

No dia 8 de novembro, a aproximação máxima do asteroide, um novo equipamento começará a coletar dados sobre o corpo: o Arecibo Planetary Radar Facility, em Porto Rico. O objetivo é conseguir, com as ondas de rádio, obter imagens com resolução de 2 metros por pixel.


A Nasa recomenda que astrônomos amadores usem telescópios com abertura de no mínimo 15 cm. A aproximação maxima será às 15h28 PST (10h28, horário de Brasília).

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/asteroide-passara-perto...

Empresa constrói abrigo nuclear pornô


Em meio a conversas sobre o fim do mundo em 2012, algumas empresas ultrapassaram o limite da paranóia e construíram abrigos nucleares para se protegerem do Armageddon.

Mas a produtora de filmes adultos Pink Visual foi muito além e decidiu fazer uma versão inusitada de abrigo para garantir o prazer de seus clientes até mesmo nos últimos dias do planeta.

Para tanto, criou um bunker pornô, com bares estocados de bebida, áreas de pole dancing e um estúdio de gravação equipado.

“Nosso objetivo é nada menos que sobreviver ao apocalipse para viver com conforto e luxo. Não importa que essa catástrofe tome a forma de bolas de fogo atiradas à Terra por uma divindade, chuvas torrenciais, arrebatamento bíblico, terremoto causado por um tsunami, zumbis radioativos comedores de carne, ou quaisquer combinações das opções acima”, afirmou o porta-voz da Pink Visual, Quentin Boyer, em entrevista à CBS news.

A Pink Visual também trabalha desde já em uma “lista de convidados” que receberão um convite para morar no bunker.

Segundo Boyer, a lista “provavelmente incluirá seleções por mérito e escolhas aleatórias, com prioridade para os artistas da Pink Visual, membros ativos do site e seguidores no Twitter”.

A localização do bunker também está sendo mantida em segredo, devido a questões de de segurança, segundo a companhia.

Após sua conclusão, em setembro de 2012, o bunker deverá receber entre 1.200 e 1.500 'moradores', de acordo com o veículo LA Weekly.

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI270052-16418,00-EMPRESA+CONSTROI+ABRIGO+NUCLEAR+PORNO.html

Príncipe Charles revela ser parente do Conde Drácula

Londres - Eles sempre tiveram em comum o fato de serem nobres e ‘assustadores’, mas agora é oficial: o príncipe Charles, da Inglaterra, é parente distante do conde romeno Vlad, o Impalador, que inspirou o personagem Conde Drácula. O próprio Charles, primeiro na linha de sucessão ao trono britânico, revelou o curioso parentesco ontem.
O príncipe fez a revelação durante um programa de televisão. Segundo ele, a árvore genealógica da dinastia Windsor, atualmente no poder no Reino Unido, tem pontos em comum com a do conde romeno que governou a região da Valáquia no século XV e lutou contra a invasão dos turcos. Vlad teria sido um ancestral distante da bisavó de Charles, a rainha Maria.

A imprensa britânica já desconfiava que Charles e Vlad tinham parentesco e a suspeita aumentou em 2006, quando o britânico comprou uma propriedade na região da Transilvânia. Ele também participa de iniciativas de proteção aos bosques locais.

“A genealogia mostra que sou descendente de Vlad, o Impalador, então, tenho um pouco de interesse no país”, brincou o britânico.

O Impalador, que tinha o sobrenome Draculea, ganhou fama mundial depois que o escritor Bram Stoker criou um personagem vampiro inspirado nele no romance ‘Drácula’, em 1897.

Há relatos de que o Vlad original foi responsável pela morte de milhares de inimigos. Seu método de execução preferido era impalá-los em estacas de madeira.

Fonte: http://odia.ig.com.br/portal/mundo/html/2011/10/principe_charles_revela_ser_parente_do_conde_dracula_202443.html

Cinturão de Fótons

O fenômeno do Cinturão de Fótons é um fenômeno astronômico.
Percebido pela primeira vez em 1961, detectado através de satélites, a descoberta do Cinturão de Fótons, marca o início de uma expansão da consciência além da terceira dimensão.

A ida do homem à Lua nos anos sessenta simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o Cinturão.
No dia 3 de Fevereiro de 1971, Edgar Michel e Alan Sheppard caminhavam sobre a superfície lunar.

Ao olhar a Terra como uma pequena jóia no espaço, da escotilha de sua nave, O Dr. Mitchel foi fulminado por uma experiência única.Sentiu que ele, a nave, a Terra, as estrelas e o espaço em volta eram constituídos da mesma substância. Tão entusiasmado ficou com essa descoberta da conexão universal, que criou o Noetic Sciences Institute, na Califórnia, juntamente com Willis Harman.
Sabíamos até então que a Terra move-se ao redor do Sol com os outros planetas e luas, que estão todos girando.

Sabemos agora que cada planeta tem quatro movimentos:
1. o de rotação – em torno do próprio eixo
2. o de translação - em torno do sol
3. o de alinhamento do seu eixo com o eixo do sol ( de preferência tornando-se perfeitamente paralelo)
4. o movimento cíclico de aproximação e de afastamento do núcleo da galáxia – neste último caso, o planeta simplesmente acompanha o movimento conjunto do sistema solar que, de tempos em tempos, se acerca do Grande Sol Central de sua galáxia.

Se considerarmos somente o plano da elíptica, os três primeiros movimentos são percebidos.
Se expandirmos a nossa mente para uma consciência galáctica, surge a compreensão desse movimento em espiral em direção a Alcione.



O sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação de Plêiades. Esta foi a conclusão dos astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos. Na verdade, por que os gregos chamariam a um aglomerado de seis estrelas pelo nome de “As Sete Irmãs”? Nosso Sol é, portanto, a sétima estrela da constelação - localizada a aproximadamente 28 graus de Touro, e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione. A divisão desta órbita por doze resulta em 2.160, tempo de duração de cada era. Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de cinturão de fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética, algo que ainda se desconhece na Terra. Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, a descoberta do cinturão de fótons marca o início de uma expansão de consciência além da terceira dimensão. A ida do homem à Lua nos anos sessenta simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o cinturão.

No atual processo orbital da Terra e do Sistema Solar, estamos indo em direção ao 2º anel do chamado Cinturão de Fótons que é energia canalizada e direcionada do Sol Central das Plêiades, marcado pela estrela Alcyone. Cinturão de Fótons é então o nome dado a um gigantesco anel de radiação que fica à volta do grande Sol Central de nome Alcione, localizado na constelação das Plêiades, em torno do qual orbitam nosso sistema solar e todos os planetas que o acompanham. Essa procissão do nosso sistema solar em sentido anti-horário ao redor de Alcione, é um fenômeno cíclico e a cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos no anel de fótons, ficando mais próximo de Alcione. A última vez que a Terra passou por ele foi durante a "Era de Leão", há cerca de doze mil anos. Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos dentro deste disco de radiação. Para cada órbita completa em torno de Alcione, nosso sol, a lua e os planetas atuais mergulham por duas vezes nesse anel de micro partículas de radiação, uma vez para o norte e uma vez para o sul. Cada passagem destas pelo Cinturão de Fótons se dá a cada período de tempo de aproximadamente 12.400 anos.

A transição planetária é um período oportuno e auspicioso para evolução física, mental e espiritual, de todos aqueles que estiverem devidamente preparados para esta passagem, mas poderá ser extremamente negativo e destrutivo para os que não se sintonizarem a uma consciência mais ampla. Este fenômeno ocorre duas vezes durante o ano platônico de 26 mil anos terrestres. Transformações profundas são esperadas e já podem ser observadas tanto espiritual, psíquica e socialmente, quanto física e ecologicamente em nosso planeta. Com a intenção de ajudar na atomização energética e vibracional do nosso Sistema em parceria com as energias de Alfa & Omega, diversos seres galácticos, entre eles Pleidianos vindas de Alcyone, estão presentes de diversas formas. Durante toda essa fase, não estaremos sós; existem em todo o universo inúmeras raças, culturas e sociedades de seres com consciência mais ampla, cuja principal missão é dar orientação, apoio e até mesmo proteção a todos os planetas em fase de transição da terceira para a quarta dimensão. Estamos a beira da borda de vácuo entre o primeiro e o segundo anel, o que pode representar um problema magnético de proporções globais, por esse motivo as forças estelares estão criando um Portal de transposição para que a Terra não seja sugada por esse vácuo e entre em colapso.

Em 5 de Maio de 2000, estivemos no ápice de uma conjunção planetária que fortaleceu em muito a irradiação de energias para diversos campos magnéticos do planeta, entre eles o emocional e mental, onde os portões das trevas e da luz se abrirão como já foi profetizado na Bíblia. Diversos focos de energia e manifestações do plano espiritual se manifestarão para elevar vibracionalmente a Terra em alguns pontos percentuais e com isso ajudar no despertar e reciclagem da Terra e da humanidade, pois cada ser humano esta sendo escaneado por ambas as forças para contabilizar seu contingente entre Trevas e Luz, e cabe a cada um de nós nos posicionarmos frente as energias Crística ou trévicas que estão presentes na Terra e dentro da nossa sociedade. Esse Cinturão de Fótons é energia em alta atomização, com elevados padrões de energia que incluem além dos fótons, raio X, ultravioleta, gama e ondas atômicas de pequeno comprimento de atravessam a materialidade dimensional da nossa densidade molecular terrena. Diversos Comandantes e grupos de Fraternidades Estelares estão ajudando e estudando os efeitos dessas energias dentro dos nossos corpos sutis e da estrutura molecular do planeta.

Muitas energias com consciência extraterrestre estão se projetando através desse Cinturão de Fótons, pois eles são essas partículas com inteligência e vida.

Fonte: http://templodeyris.com.br/nova_era/cinturao_fotons/cinturao_fotons.htm

Argentina: Peixe com três olhos descoberto perto de Central Nuclear preocupa população

Um grupo de Pescadores apanhou um peixe com três olhos num lago para onde é bombeada água quente de uma central nuclear. Apesar de ser a primeira descoberta do género, o acontecimento está a preocupar a população.
Um grupo de pescadores apanhou um peixe com 3 olhos num lago em Córdoba, na Argentina. Este lago funciona como reservatório para onde é bombeada a água quente de uma instalação nuclear o que torna esta descoberta motivo de preocupação para a população local.
“Estávamos a pescar e tivemos a surpresa de apanhar este espécime raro. Como estava escuro, no início não nos apercebemos, mas depois olhámos para ele com uma lanterna e vimos o terceiro olho”, refere o pescador Julián Zmutt sobre a sua descoberta.
Zmutt referiu que foi a primeira vez que houve uma descoberta destas na zona. Por agora o peixe de três olhos irá ser submetido a testes para se verificar se a mutação está relacionada com a exposição à água proveniente da central nuclear.

Fonte: http://naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20

Vídeo mostra suposto extraterrestre na Amazônia

Tem quem acredite e tem quem ache que tudo não passa de armação ou ilusão de ótica, mas fato é que imagens de um suposto extraterrestre na Amazônia brasileira estão dando o que falar nos jornais estrangeiros. O vídeo divulgado pelo escritor e ufólogo Michael Cohen mostra o que seria um alienígena ao lado de uma luz forte no meio da mata.

Enquanto a câmera foca em algumas crianças locais, é possível ver, ao fundo, o que seria a criatura e a luz. Segundo a reportagem, a filmagem foi feita em uma região próxima a Manaus. “Esta é uma filmagem altamente convincente, difícil de não acreditar. Trata-se de um área conhecida pela intensa atividade de Ovnis. Ao que tudo indica, extraterrestres estão interessados na biodiversidade da Amazônia”, afirma Michael Cohen ao jornal Daily Mail.

No detalhe, as imagens quem seriam do ET e da luz


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Monstros Marinhos

O capitão John Ridgway narrou em 1966 um fenômeno inexplicável para os olhos da ciência, é claro desde que isto não seja fruto da imaginação humana. Conta o capitão que fora acordado por um som sibilante em uma noite no Atlântico Norte. Narra: "olhei para a água e vi repentinamente a forma contorcida de um grande animal, delineada pela fosforescência do mar, como se dele pendesse um colar de luzes de néon. Era de enormes dimensões, cerca de 10 metros ou mais de comprimento, e dirigia-se rapidamente em minha direção. Observei-o por cerca de 10 segundos, quando desapareceu precisamente sob mim..." Isso aconteceu quando o capitão e seu companheiro Charles Blyth tentavam atravessar o Atlântico em um barco a remo de seis metros.

Monstros ilustram as mais imaginativas histórias durante séculos. Psicólogos projetam que se trata de horrores psíquicos reprimidos ou criação pura e simplesmente da imaginação humana, mas muitos entre os homens acreditam que a existência deles provém de algum lugar do desconhecido.

No século XIX, alguns pescadores escandinavos afirmaram terem vistos um monstro gigante com mais de 2 metros de comprimento; anos mais tarde, toda a tripulação da corveta francesa Alecton declarou que havia empreendido obra para capturar um animal gigante com tentáculos de cerca de 1,5 metro de comprimento. Conta o capitão em seu diário de bordo: " a 30 de novembro, 100 milhas a NE. de Tenerife, às 14h, encontramos um monstruoso animal que reconheci sendo como um polvo gigante(...)e que atualmente parece relegado ao mundo do mito." A tentativa de captura acabou frustando-se, devido à resistência do animal, que mesmo arpoado, conseguiu libertar-se das amarras, deixando para traz um pedaço, com cerca de vinte kilos, de seu corpo no arpão. Desacreditada pela comunidade científica francesa, que classificou o ocorrido como uma alucinação coletiva, a tripulação da corveta foi motivo de chacota durante bom tempo; mas 20 anos após o ocorrido com o Alecton, deu-se a comprovação da existência do monstro marinho. Um elevado número de grandes corpos com tentáculos deu às costas do Atlântico Norte e um desses foi capturado vivo. Em 2 de novembro de 1878, três pescadores do barco Terra Nova viram um enorme animal marinho lutando contra a maré. apanharam-no com um fateixa com farpas e amarram-no em uma árvore em terra. O animal media cerca de 6 metros e cada um dos tentáculos aproximadamente 10 metros.

Por mais bizarro que possa parecer uma narrativa de monstros e feras marinhas, na verdade sabe-se muito pouco a respeito das profundezas oceânicas. Heuvelmans, zoólogo, registrou mais de 500 relatos sobre aparições de monstros marinhos; destes, cerca de 300 foram convincentes e merecedores de créditos.


De todos os monstros, a mais lendárias são com certeza as serpentes marinhas. Um missionário norueguês conta que viu um animal destes durante uma viagem à Groenlândia, por volta de 1730. Conta que o temível animal elevou-se acima das águas, chegando a ultrapassar o mastro do navio; seu focinho era comprido e seu corpo, em forma de serpente, possuía barbatanas largas e escamas, que lhe revestiam todo o corpo. Ao se projetar para as profundezas, seu corpo lançou-se em uma curva deixando -lhe ver todo resto, confirma o missionário que este era do tamanho do navio.

É possível que muitas das histórias contadas a respeitos de monstros e serpentes marinhos possam beirar a fantasia, no entanto, o que impede a existência de seres marinhos com características pré-históricas e uma adaptação de vida nas profundezas dos oceanos, que nós seres terrestres desconhecemos?

Fonte: http://portaldesconhecido.itgo.com/mar.html 

7 tecnologias que podem acabar com a humanidade

“O homem é o lobo do homem”, já dizia o filósofo inglês Thomas Hobbes. A célebre frase, uma das mais famosas da teoria política do Realismo, não cabe apenas ao século XVIII, quando viveu o pensador: hoje mesmo é possível aplicar o pensamento de que somos os nossos maiores inimigos.

Em vez de catástrofes como a queda de um asteroide ou a misteriosa chegada de 21 de dezembro de 2012 (data do fim do mundo, de acordo com os maias), é fácil acreditar que a raça humana pode colocar um ponto final em si mesma.

Exemplos em nossa trajetória não faltam, desde guerras travadas até invenções que nunca deveriam ter sido divulgadas. O Tecmundo selecionou abaixo algumas dessas tecnologias mortais – e espera que nenhuma delas seja o motivo de nosso fim.

LHC: acelerando para o fim

O exemplo é recente e até já saiu um pouco da moda, mas isso não significa que seu risco seja menor. Sigla para Large Hadron Collider (grande colisor de hádrons, em tradução livre), o LHC é uma estrutura subterrânea de anéis magnéticos com 27 quilômetros de extensão, posicionada entre a França e a Suíça. O objetivo do acelerador de partículas é descobrir como ocorre o choque entre elas, em um processo que resultou no Big Bang, por exemplo – e a partir daí achar a origem de todo o universo.

O ambicioso projeto também é perigoso: já que o processo é similar ao que causou a origem dos corpos celestes, ele também pode destruí-los. Um grupo de cientistas acredita que o LHC poderia formar um buraco negro do centro do planeta, sugando toda a massa da Terra ou transformando tudo em uma matéria estranha, imprópria para servir de lar.

Stuxnet: o maioral

Quando um vírus infecta seu computador, o maior risco é copiar senhas armazenadas ou deletar arquivos. Mas imagine um malware que pudesse fazer muito mais – e em sistemas que controlam usinas ou equipamentos militares.

Este é o Stuxnet, um vírus implacável que já atacou, entre milhões de outros computadores, o programa nuclear iraniano e a Siemens. Ele cria uma ponte entre o PC infectado e o invasor, possibilitando o controle total de máquinas importantes.

Imagine o caos instalado se alguém controlar máquinas militares dos Estados Unidos e colocar a culpa em um país considerado inimigo? Variações de seu código já foram encontradas até na Europa, mas nenhum detentor de sua fórmula chegou a causar uma catástrofe com ele. Ainda.

SETI/METI: eles não virão em paz

Saber se estamos sozinhos no universo é o questionamento mais intrigante da humanidade. Cientistas buscam, sem parar, métodos de comunicação com a tal “vida fora da Terra”, utilizando técnicas como o METI (Messages to Extra-Terrestrial Intelligence), que envia mensagens em frequências diversas para o espaço na tentativa de obter uma resposta, ou o SETI (Search for Extra-Terrestrial Intelligence), um projeto que analisa sinais de rádio a partir de usuários que se voluntariam a “emprestar” o PC para essa causa nobre. O papel de parede infelizmente não está mais disponível, apesar do projeto ter retornado.

Mas há quem seja contra o contato com os extraterrestres – e é ninguém menos que Stephen Hawking. Em uma declaração no ano passado, o físico alertou que o contato com seres de outro planeta pode ser perigoso. Já que eles têm a tecnologia para chegar até nós, eles seriam bem mais avançados, podendo realizar uma colonização “similar a quando Colombo desembarcou na América”, segundo Hawking. Melhor ficar só nos filmes, não é mesmo?

HAARP: tremendo de medo

O HAARP (Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) tem uma ótima causa: estudar a camada da ionosfera terrestre, responsável pela transmissão das ondas de rádio. O projeto norte-americano fica no Alasca e não incomoda ninguém – ou ao menos é isso que querem que a gente pense.

Denúncias conspiratórias partidas do governo da Rússia indicam que ele seria uma arma geofísica, capaz de controlar as placas tectônicas de nosso planeta e atingir qualquer ponto da Terra com terremotos e outras catástrofes. Como nossa estrutura é imprevisível, o uso errado do HAARP poderia trazer consequências até para a própria nação que o controla.

Energia nuclear: a difícil superação

Desde o lançamento das bombas atômicas no Japão, em 1945, a humanidade teme a geração de energia a partir de reações nucleares. E ela está coberta de razão: os armamentos com essa tecnologia promovem efeitos devastadores.

Quando achamos que ela já estava devidamente controlada, utilizando-a para gerar eletricidade, desastres como o de Chernobyl ou até de Fukushima surgem para comprovar a instabilidade e o perigo desse tipo de fonte de energia, mesmo que em menor escala. Em mãos erradas, como quase aconteceu durante a época da Guerra Fria, essa tecnologia pode mesmo causar o fim de nossa existência.

Nanotecnologia: ameaça invisível

Vamos com calma: antes de sair atacando o inimigo, saiba que, sem a nanotecnologia, você nem estaria lendo este artigo, já que os processadores são feitos a partir dela. Até roupas e alimentos entram na lista!

Voltando à destruição da humanidade, há duas possibilidades aqui. Na primeira, esses microrrobôs ganhariam autonomia, fugiriam de nosso controle e travariam uma verdadeira guerra contra nós, no maior estilo “O Exterminador do Futuro” – e levariam larga vantagem, já que estão presentes em quase tudo e em nível molecular.

O segundo cenário, chamado apenas de grey goo , é bem mais doloroso: nele, erros na programação ocasionariam um crescimento exponencial dos nanorrobôs, o que culminaria na ocupação da Terra por essas máquinas e na destruição dos ecossistemas existentes em nosso planeta, todos desregulados e consumidos pelos novos habitantes.

Alterações genéticas: destruição celular

Os avanços genéticos melhoraram áreas como a medicina e a gastronomia, mas podem trazer sérias consequências aos seres humanos. Desde pesticidas até alimentos transgênicos (que ainda são objetos de discussão na área científica), inúmeras variáveis podem alterar a produção de hormônios essenciais, como os responsáveis pela reprodução, até o aumento na incidência de doenças, como o câncer.

Além disso, a manipulação de vírus e bactérias para estudo ou cura pode trazer consequências trágicas, como o surgimento de organismos que não são derrotados pelos medicamentos atuais.

Povo quer mexer no clima

Mudanças climáticas. A maioria das pessoas no Canadá, Reino Unido e Estados Unidos apoia estudos de meios para refletir a luz solar de volta ao espaço, como método para esfriar o planeta, revela pesquisa publicada no Environmental Research Letters.
Talvez há milhares de anos o homem começou a interferir no clima da Terra, embora involuntariamente, ou seja, sem se dar conta disso. Mas, se depender da unanimidade popular, os cientistas podem e devem, sim, interferir deliberadamente no clima.
Estudos de Harvard e de duas universidades canadenses revelam que aproximadamente três quartos das pessoas entrevistadas aprovaram o início de estudos, que dizem respeito a geoengenharia, para resfriar o mundo.
A pesquisa popular foi feita no ano passado, mas o resultado divulgado somente gora, e teve foco no gerenciamento da radiação solar, um tipo de geoengenharia que objetiva incrementar o albedo, ou refletividade da Terra, por meio da criação de nuvens ou outros meios.

Conservadores contrários à geoengenharia

Embora os entrevistados que se declararam politicamente conservadores expressassem forte oposição à geoengenharia, todo o espectro político apoiou o gerenciamento da radiação solar incidente como técnica a ser usada para resfriar nosso planeta.
Apenas 8% dos entrevistados revelaram saber o que significa geoengenharia. Cerca de 45% dos entrevistados foram capazes de conceituar corretamente o termo alternativo engenharia climática, aparentemente mais fácil de perceber.
O resultado da pesquisa chegou em um momento oportuno, uma vez que o Reino Unido está prestes a começar experiências de gerenciamento da radiação solar.

Preocupação de críticos retardou início do teste

O início dos experimentos está com seis meses de atraso, como resposta à preocupação de muitos críticos à intervenção humana deliberada no clima terrestre.
O projeto Injeção de Partículas Estratosféricas para Engenharia Climática (SPICE, na sigla em inglês), planeja soltar um gigantesco balão rebocando uma mangueira de jardim, para aspergir partículas na atmosfera, com o objetivo de reduzir o aquecimento global.
O teste, que pode confirmar a validade da técnica, usará uma mangueira com 1 km de comprimento, capaz de lançar um spray de gotículas de água na atmosfera.
A pesquisa sobre o emprego de gerenciamento da radiação solar aconteceu via internet e não foi muito específica em relação a essa técnica ou outra.

Mexer no clima pode ser aventura perigosa

Para realizar a sondagem, os pesquisadores fizeram 18 perguntas a 3.105 participantes, dois terços dos quais eram norte-americanos. Das pessoas que responderam, 72% apoiaram a realização de estudo mais amplo em geoengenharia.
Contudo, 75% dos entrevistados acham que o clima da Terra é por demais complicado e difícil de corrigir, empregando algum recurso tecnológico.
Eu, particularmente, acho que mexer no clima pode ser uma aventura muita perigosa e, talvez, sem retorno. Nós simplesmente não conhecemos ainda muito bem a dinâmica do clima da Terra. Sequer temos certeza de que causamos o aquecimento, ou se o aquecimento se deve a mudanças cíclicas no Sol ou no próprio planeta.

Fonte: http://livrodomundo.com/?p=1633

Brilho na ionosfera anuncia tsunami com uma hora de antecedência

Luminescência na ionosfera
Uma equipe internacional de pesquisadores, incluindo um cientista brasileiro, descobriu que pode ser possível detectar mais rapidamente um tsunami olhando para o ar do que para a água.
O grupo descobriu que a formação do tsunami gera uma "assinatura" característica na forma de uma leve luminescência, uma espécie de brilho, nas camadas mais altas da atmosfera.
A luminescência precede o tsunami em cerca de uma hora, sugerindo que a tecnologia poderá ser usada como um sistema de alerta complementar para a população.
Os pesquisadores usaram uma câmera especial em Maui, no Havaí, para captar a assinatura gerada pelo terremoto de 11 de Março, que gerou um tsunami que devastou grandes áreas de Japão.
A luminescência foi detectada a 250 quilômetros de altitude.
Ondas de grande amplitude
Tsunamis podem gerar ondas de amplitudes significativas na atmosfera superior - neste caso, gerando o brilho na camada de ar.
Conforme um tsunami se move através do oceano, ele produz ondas de gravidade atmosféricas, forçadas pelas ondulações na superfície do oceano, mesmo que estas tenham poucos centímetros de altura.
As ondas podem alcançar vários quilômetros de altitude, onde a atmosfera neutra coexiste com o plasma na ionosfera, causando perturbações que geram o brilho.
Os cientistas verificaram que as propriedades das ondas na alta atmosfera coincidiam com as medições do tsunami ao nível do mar, confirmando que o brilho foi originado pela onda gigante.
Céu claro e sorte
A observação confirma uma teoria desenvolvida na década de 1970, que propõe que a assinatura de tsunamis pode ser observada na atmosfera superior, especificamente na ionosfera. Mas, até agora, a teoria só havia sido demonstrada usando sinais de rádio transmitidos por satélites.
"Gerar uma imagem dessa resposta usando a luminescência é muito mais difícil porque a janela de oportunidade para fazer as observações é muito estreita," explica Jonathan Makela, da Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, nos Estados Unidos. "Nossa câmera estava no lugar certo, na hora certa."
Na noite do tsunami, as condições acima do Havaí estavam ótimas para permitir o registro da luminescência: eram quase 02:00 horas da madrugada, sem a lua e sem nuvens obstruindo a visão do céu noturno.
De cima para baixo
O grande inconveniente de usar o brilho da ionosfera como um sistema de alerta de tsunamis é que ele somente seria eficaz em noites de céu muito claro.
Os cientistas afirmam que a alternativa é colocar uma câmera especial a bordo de um satélite geoestacionário, que poderia monitorar continuamente grandes regiões oceânicas.
O estudo contou com a participação do pesquisador Alan Kherani, do Instituto Nacional de Pesquisais Espaciais (INPE).

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=tsunami-detectado-brilho-ionosfera

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

WikiLeaks suspende divulgação de documentos para arrecadar fundos

O site WikiLeaks anunciou nesta segunda-feira a suspensão temporária da difusão de documentos confidenciais e sigilosos para se concentrar na arrecadação de fundos que permitam garantir sua futura sobrevivência.
A página criada por Julian Assange afirmou em um comunicado que se vê forçada a "suspender temporariamente as operações de publicação e a arrecadar fundos agressivamente para contra-atacar", após o "bloqueio arbitrário e ilegal" de seus recursos pelas operadoras de cartões de crédito e outras empresas.
Em coletiva de imprensa em Londres, Assange disse que a falta de financiamento está por trás da decisão de deixar de divulgar documentos secretos oficiais, após a publicação de milhares deles.
O criador do WikiLeaks está detido no Reino Unido à espera da conclusão de um julgamento de extradição para a Suécia devido a acusações de supostos abusos sexuais.
Entre as empresas que bloquearam recursos da organização estão Bank of America, Visa, Mastercard, PayPal e Western Union.



Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/995570-wikileaks-suspende-divulgacao-de-documentos-para-arrecadar-fundos.shtml

Unesco testará rede de alerta de tsunamis no Oceano Índico

A Unesco testará no próximo dia 12 de outubro a rede de alerta de tsunamis no Oceano Índico, quase sete anos depois da catástrofe que assolou o sudeste asiático, informou nesta quinta-feira a organização.

O teste marcará também a transferência de responsabilidades entre o serviço de alerta provisório iniciado após o tsunami de 2004, com sede no Japão, e os diferentes serviços regionais com sede na Austrália, Índia e Indonésia, indicou comunicado a agência da ONU.

A rede, coordenada pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco, simulará um terremoto de 9,2 graus na Escala Richter na costa da Sumatra, semelhante ao de 2004 e que provocou o devastador tsunami.

Os centros regionais receberão os boletins de alerta para avaliar o funcionamento dos fluxos de comunicação entre os órgãos envolvidos, o estado de preparação dos países, além do funcionamento dos dispositivos de emergência, destacou.

Alguns países, como a Índia e a Malásia, também farão testes de retirada das populações litorâneas.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/noticias/0,,OI5396817-EI188,00-Unesco+testara+rede+de+alerta+de+tsunamis+no+Oceano+Indico.html

Jornalista da Band narra o apocalipse durante o programa “Agora é Tarde”

O jornalista Ricardo Boechat participou no final de setembro do programa Agora é Tarde, apresentado por Danilo Gentili. Depois da entrevista, o apresentador do Jornal da Band foi desafiado a noticiar o final do mundo.
O texto que o jornalista teve que ler foi escrito pela produção do Agora e Tarde e tratava a volta de Cristo como uma brincadeira, dizendo que o Governo brasileiro havia decretado ponto facultativo e que o Vaticano informava que os lugares da primeira fila já estavam esgotados.
A plateia interrompeu o apresentador por diversas vezes dando risada da forma como o assunto estava sendo narrado. Outro vídeo sobre o final do mundo publicado no YouTube foi produzido pela Animated News (NMATV) que fez os Sims zombarem da profecia de Harold Camping.
Nesse vídeo o pastor Harold Camping aparece pregando anunciando o fim para o dia 21 de outubro e também fala que relatórios do governo alemão anunciam que nessa data um satélite vai se chocar com a Terra, o que de fato acontece, mas atinge apenas o líder da Family Radio.
O programa Agora é Tarde entrevistou recentemente entrevistou o pregador mirim Matheus Moraes que demonstrou muita espontaneidade ao falar sobre seu ministério e vida pessoal.

Fonte:http://noticias.gospelprime.com.br/jornalista-da-band-narra-o-apocalipse-durante-o-programa-agora-e-tarde/

sábado, 22 de outubro de 2011

Arca de Noé para os pobres?

Cientistas recomendam a construção de novas cidades para acolher refugiados climáticos - Um relatório do Reino Unido sugere que as populações mais pobres devem receber ajuda para sair de áreas de risco sujeitas a secas e inundações e que o planeamento destas ações deve ser iniciado o mais cedo possível. Caso contrário, assistiremos a desastres humanitários sem precedentes como resultado das alterações climáticas. Um relatório do Reino Unido sugere que as populações mais pobres devem receber ajuda para sair de áreas de risco sujeitas a secas e inundações e que o planeamento destas ações deve ser iniciado o mais cedo possível. Caso contrário, assistiremos a desastres humanitários sem precedentes como resultado das alterações climáticas. Um relatório do Reino Unido sugere que as populações mais pobres devem receber ajuda para sair de áreas de risco sujeitas a secas e inundações e que o planeamento destas ações deve ser iniciado o mais cedo possível. Caso contrário, assistiremos a desastres humanitários sem precedentes como resultado das alterações climáticas.

Fonte: http://www.painelglobal.com.br/talk/destaque.php?id=dat_20111021-115402.incxxmiguelsousaportugal_20111021115402

Novo estudo confirma aquecimento contínuo na superfície terrestre

Após novo estudo, um grupo de cientistas dos Estados Unidos definiu que a superfície da Terra está, realmente, ficando mais quente. Segundo as descobertas do Berkeley Earth Project, a temperatura da terra aumentou em um grau centígrado nas últimas seis décadas.

A equipe usou métodos novos em um projeto com base em dados recentes, mas as descobertas não destoaram do que havia sido apontado pela Nasa anteriormente nem das tendências apontadas pelo  Escritório de Meteorologia da Grã-Bretanha.

Segundo um dos participantes do Berkeley Earth Project na Universidade da Califórnia, professor Richard Muller, a maior surpresa para o grupo foi exatamente compartilhar dos resultados anteriores de equipes dos Estados Unidos e Grã-Bretanha. Segundo ele, essa é mais uma prova de  que os estudos foram feitos cuidadosamente, o que desbanca a afirmação dos céticos quanto o aquecimento global de que estas pesquisas teriam suas conclusões pautadas por tendencias.

O encontro reuniu dez cientistas renomados que relataram também que o chamado efeito de "ilha de calor urbana", referente à elevação de temperatura na proximidade de cidades, não é responsável pelo aquecimento registrado na maioria das estações climáticas no mundo, apesar de também ter sido verificado um aumento desta manifestação.

O grupo de estudiosos que defende uma ideia contrária afirma que muitas estações meteorológicas são posicionadas perto de cidades em constante crescimento, o que provocaria o aumento de calor e o registro equivocado. Para combater esta lógica, o Berkeley Earth Project desenvolveu um método de analisar os dados para detectar a tendência das temperaturas globais em terra desde 1800.

Os cientistas descobriram cerca de 40 mil estações meteorológicas por todo o mundo as quais tiveram suas informações gravadas e armazenadas em formato digital.

Fonte: http://www.sidneyrezende.com/noticia/149892+novo+estudo+confirma+aquecimento+continuo+na+superficie+terrestre

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Pregador "remarca" fim do mundo para 21 de outubro

O americano Harold Camping, pregador evangélico do movimento "Family Radio Worldwide", afirma que o 'Dia do Julgamento' será nesta sexta-feira (21).
Anteriormente, o pregador havia previsto o fim do mundo para 21 de maio, mas alegou que houve um mal-entendido em seus cálculos, baseados numa interpretação da Bíblia.
Segundo Camping, o "processo de destruição" teria começado em maio e o apocalipse foi adiado em cinco meses: 21 de outubro.
Na época da primeira profecia, muitos seguidores do pastor californiano abandonaram suas casas, largaram empregos, se desfizeram de bens e disseram ficar surpresos com o erro.

Fonte:http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2011/10/19/pregador-remarca-fim-do-mundo-para-21-de-outubro/

Fogo vindo do céu... Será um sinal do fim?

Uma explosão misteriosa em uma casa deixou um morto e oito feridos às 2h desta segunda-feira em Monte Grande, nos arredores de Buenos Aires. Enquanto a polícia investiga se a explosão foi causada possivelmente por um vazamento de gás, vizinhos na região dizem ter visto "uma bola de fogo que caiu do céu" antes do incidente.

A explosão destruiu duas casas, três carros e uma área localizada entre duas ruas. Várias pessoas foram resgatadas com vida dos escombros e, dos oito feridos, dois receberam alta. A vítima fatal foi identificada como Silvia Espinoza, de 43 anos, que morava em uma das residências destruídas.
"A cama onde eu dormia se levantou do apartamento, as madeiras do teto se dobraram e todos os vidros da minha casa explodiram. Quando saí na rua, caía um fogo de cima que incendiou um poste a 20 metros", afirmou um morador da área à imprensa local. Uma outra testemunha afirmou que saiu de sua casa por conta da explosão e viu "que havia fogo que vinha do alto, algo do céu".

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/explosao-deixa-um-morto-e-oito-feridos-na-argentina/n1597241161850.html

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dilma defende participação de países emergentes em nova ordem mundial

A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta terça-feira a participação dos países emergentes na construção da nova ordem mundial, em discurso pronunciado durante a cúpula do IBSA (grupo formado por Índia, Brasil e África do Sul), realizado em Pretória. Dilma pediu que todos os países se unam em torno dos esforços para uma consolidação fiscal e coordenação macroeconômica, e reiterou sua vontade que as nações em desenvolvimento façam parte deste processo. Em seu discurso, a presidente também apoiou a reforma de organismos multilaterais como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (BM). Brasil, África do Sul e Índia fazem parte, ao lado de China e Rússia, do bloco de economias emergentes conhecido como Brics, que participará da próxima cúpula do Grupo dos 20 (G20, que reúne as principais nações ricas e emergentes), que será realizada em novembro com a crise da dívida nos países ocidentais e a ameaça de uma nova recessão em nível global como cenário de fundo. Nesse sentido, Dilma advogou por um acordo crível entre os países europeus, além da consolidação fiscal e da solidez dos sistemas bancários. Além disso, a presidente destacou o papel que os membros do IBSA exerceram no Conselho de Segurança das Nações Unidas durante as crises na Líbia e na Síria, o que demonstra que os países emergentes "têm capacidade para assumir um posto permanente no Conselho e dotá-lo de mais legitimidade". Dilma se reuniu hoje com o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, no marco da quinta cúpula do IBSA. "O IBSA demonstrou que é possível crescer e ao mesmo tempo redistribuir a riqueza e criar empregos, e que a solução para a crise financeira não está em medidas conservadoras", declarou Dilma. A presidente aproveitou a oportunidade para convidar Zuma e Singh para a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o Meio Ambiente (Rio+20), que acontecerá no Rio de Janeiro em 2012. Dilma, que visita a África pela primeira vez desde que tomou posse, viajará hoje para Moçambique para participar amanhã das atividades do 25° aniversário da morte do ex-presidente moçambicano Samora Machel. Em seguida, a presidente visitará a Angola, antes de retornar para o Brasil na quinta-feira.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5420175-EI294,00-Dilma+defende+participacao+de+paises+emergentes+em+nova+ordem+mundial.html

domingo, 16 de outubro de 2011

Greve crises protestos... O apocalipse se aproxima?

Greve dos bancos, greve dos correios, greve dos professores, greve dos policiais... Greves sempre existiram, mas não tanto quanto esses últimos meses.
Com os protestos não é diferente. Manifestantes põem fogo em anexo do ministério da Defesa italiano,Cerca de 175 manifestantes são presos durante a noite em Chicago. indignados gritaram em Lisboa por justiça. Manifestação termina em vandalismo e deixa dezenas de feridos em Roma. Milhares de pessoas participam de manifestações na Espanha. Manifestações e confrontos mundo afora agitam o fim de semana

A crise econômica está cada dia pior: Brasil não vai pagar por crise que não é dele, diz Dilma‎.

Será que isso é um sinal do início do fim dos tempos?


Get your own Poll!

A marca ficará na mão direita ou na testa... Verichip no Brasil? Será o fim?

O professor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo Mario Gazziro criou um sistema de arma inteligente que só efetua disparos sob o comando do dono. Um chip é implantado na mão da pessoa e um sistema eletrônico é instalado na arma. A conexão entre eles é acionada por meio de uma mini antena e só então o disparo é efetuado.
“O principal objetivo é a proteção contra a criança e o adolescente que muitas vezes convivem com armas em casa, além da proteção para que ninguém atire contra você usando a sua arma”, explica Gazziro. O projeto, que surgiu a partir de um filme de ficção científica em que armas eram acionadas com base no DNA de máquinas alvos, é pioneiro e as Parcerias Público-Privadas para a comercialização do invento já estão sendo feitas.
Segundo o professor, o mecanismo é usado nos Estados Unidos por pessoas que implantam o chip para poderem destravar seus notebooks, por exemplo. Para que a conexão entre a arma e o dono seja acionada é preciso uma bateria, que, atualmente, na fase de testes, é capaz de fazer a integração por até seis horas seguidas. Mas a intenção é que até fevereiro de 2012 essa duração seja ampliada para um número muito maior.
Desde agosto de 2010, Gazziro tem um chip instalado na própria mão e afirma não sentir nenhuma diferença. “Eu praticamente nem sinto, logo após a microcirurgia eu já não sentia o chip. Desde então eu faço leituras, hoje mesmo fiz uma, e o sistema está funcionando como o esperado.”
A intenção é que o produto chegue ao mercado em pouco mais de um ano e custe até R$ 250. “No fim do mês, policiais virão aplicar os chips para fazermos testes e estamos montando kits para a comercialização, assim a pessoa que já possui uma ‘arma burra’ pode transformá-la em inteligente, instalando o kit na arma velha”, conta.
Uso por policiais
Questionado se o uso dessas armas seria viável para um batalhão da Polícia Militar, por exemplo, Gazziro afirma que sim e que é possível que um grupo de pessoas tenha permissão para usar a mesma arma. “É possível uma corporação usar o mecanismo. O sistema depende da memória então eu consigo cadastrar mais de 10 mil usuários para acionarem uma arma”, explica.
Procura
“Policiais novos com filhos pequenos ou seguranças têm me procurado muito e perguntado se já podem comprar o kit porque eles trabalham com as armas e veem isso (kit) como uma segurança familiar”, afirma Gazziro sobre a procura pelo produto. “Eu não sou a favor nem contra as armas, mas já que tem tanta arma no Brasil e mundialmente a morte por arma de fogo está em segundo lugar entre as causas morte, essa é uma forma de ter mais segurança”, conclui o professor.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/professor-cria-chip-que-faz-arma-funcionar-apenas-com-o-dono/n1597280164674.html

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Advogada lança “seguro contra arrebatamento”

O pastor Harold Camping afirma que o arrebatamento ocorrerá no próximo dia 21, os maias acreditavam que o mundo acabaria em 2012, a Bíblia diz que Jesus pode voltar a qualquer momento.
O que fazer com os seus entes queridos e suas posses quando isso ocorrer? Se você é um bom cristão não tem com o que se preocupar, mas e os seus parentes que não compartilham da sua fé, e o seu bichinho de estimação? Procurando resolver qualquer tipo de preocupação quanto a isso, a advogada Cynthia MacGregor promete lhe dar tranquilidade em relação a tudo o que você pode deixar para trás.
Ela criou o que chama de ”Procuração religiosa”, que funciona como espécie de seguro contra o fim do mundo. Por 130 dólares você pode deixar aos cuidados de Cynthia e sua equipe todas as questões que afligem os crentes que não estarão mais na Terra para supervisionar as coisas.
“Tenho certeza que você entende o poder de um bom advogado “, ela aconselha, “uma pessoa que você escolher poderá cuidar de seus negócios, suas propriedades, animais de estimação, pais, filhos, amigos, em sua ausência durante um evento religioso que afetar sua vida”.
Como ela não acredita no que a Bíblia diz nem nas previsões do final do mundo, e portanto não será arrebatada, ela garante que irá cuidar de tudo pessoalmente.
Seja qual for a calamidade, o seguro religioso do escritório de MacGregor entra em vigor assim que qualquer um dos seguintes eventos ocorrer:
O arrebatamento do dia 21 de outubro, Fim dos Tempos, O Fim dos Dias, A hora final, A tribulação, A guerra do Armagedom, A chegada do Anticristo, A Segunda Vinda, Dispensação Final, O Juízo Final, O Dia do Juízo, Dia do Julgamento, O Último Dia, O dia do Juízo, O fim do mundo.
Se você é de outra religião e espera por qualquer evento de extinção, também existes alternativas de seguro contra:
O fim do mundo segundo o calendário maia, A Kali Yuga, A Idade das Trevas, O declínio do Budismo, O julgamento de Maomé, Uma invasão alienígena.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/advogada-ateista-lanca-seguro-contra-arrebatamento-para-americanos/

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

CHINA ADVERTE RUSSIA PARA GRANDE EVENTO AMERICANO A CAMINHO




 O serviço federal de segurança russo esteve reunido com o ministro Putin após um encontro com o Chefe máximo da segurança chinesa. Os chineses possuem relatórios alertando os russos para um grande evento programado pelos americanos em escala Global.


Os líderes militares chineses advertem que os Estados Unidos e seus aliados ocidentais estão em "preparação ativa" para o desencadeamento de uma série de eventos catastróficos durante o próximo ano projetado para lançar no mundo o caos a partir do qual eles esperam estabelecer a ordem econômica e social global.

O Ministério de Segurança Chinês recebeu os contornos desta trama maciça por um ex-Blackwater mercenário chamado Bryan Underwood, que era um guarda do consulado dos EUA na China que acreditava nessas ações no sentido de obter o máximo de informações para ajudar China e Rússia evitar um "apocalipse".

Underwood foi posteriormente preso pelo FBI, que declarou em seu relatório sobre a prisão dele que "de acordo com o indiciamento substitutivo, de cerca de 01 de março de 2011, para cerca de 05 de agosto de 2011, Underwood conscientemente e ilegalmente tentou se comunicar com fotografias e outros meios de informações com a República Popular da China (RPC), com a intenção e razão para acreditar que estes materiais seriam usados ​​para a lesão dos Estados Unidos e para a vantagem de uma nação estrangeira. "

Fontes de inteligência chinesa cita neste relatório o medo de Underwood, observando que a mais de 1.000 documentos secretos dos EUA e fotografias obtidas por eles, mostram o governo norte-americano "sob cerco" de múltiplas ameaças.

Temem que se espalhe um "caos sem precedentes "a partir do qual a" ordem normal "nunca será capaz de ser restabelecida novamente.

Estes receios dos EUA de "caos sem precedentes" parecem ser bem fundamentados como uma onda de protestos se espalhando pelo mundo devido à crise econômica global que já atingiu a América com mais de 700. informou ontem um preso em Nova York e maior agitação agora se espalha através dos Estados Unidos.

Pior ainda, este relatório mostra que o governo dos EUA está com "medo" também sobre novos relatórios detalhando a "perda sem precedentes" da camada de ozônio e a camada protetora sobre o Ártico do Canadá, que não mostra sinais de diminuição, podendo resultar em cataclismos. [O ártico do Canadá se foi pesquisem. Saiu um relatório essa semana, parece que acabou ou está as vias de fato; extração de petróleo]

Como a revolução já atingiu a costa americana devido ao infreiável Apocalypse Financeiro Global , que vai acabar com as economias de milhões de pessoas; e como os ecossistemas do nosso mundo estão passando por mudanças enormes também, este relatório detalha um plano do governo insidioso dos EUA para "gerir e controlar" esses desastres muitos de seus aliados enfrentam esse problema; o genocídio em massa é um meio para sustentar a sua sobrevivência.

De fato, um dos documentos mais arrepiantes dados pela MSS da China por detalhes revela como as Agências Central de Inteligência (CIA) e Haqqani rede terrorista no Paquistão lançaram um inédito bio-ataque usando o vírus da dengue, os americanos planejam "modificar" e depois reintroduzir em sua própria população. [confirmado, pois levantamos essa questão no post de chem trail]

Na primavera e no verão de 1981, Cuba sofreu uma grave epidemia de febre hemorrágica da dengue. Entre maio e outubro de 1981, a ilha tinha 158 mortes relacionadas com dengue, com cerca de 75 mil casos de infecção relatados.

No auge da epidemia, mais de 10.000 pessoas (por dia) foram encontrados infectados e 116.150 foram hospitalizadas. Ao mesmo tempo, durante 1981 surto, ataques secretos de guerra biológica dos residentes em Cuba e as colheitas, foram creditados por empreiteiros, CIA e aviões militares.

Particularmente prejudicial para a nação foi um surto grave de gripe suína que Fidel Castro atribuiu à CIA. O Pesquisador norte-americano William H. Schaap, editor da revista Covert Action, afirma que o surto de dengue em Cuba foi o resultado das atividades da CIA.

Em 1982, a mídia Soviética informou que a CIA enviou agentes para o Afeganistão do Paquistão para lançar uma epidemia de dengue. Os soviéticos na época alegaram que os operários estavam posando como trabalhadores com malária, mas, em vez disso, foram liberando a dengue mosquitos infectados. A CIA negou as acusações. Em 1985 e 1986, as autoridades da Nicarágua acusou a CIA de criar uma epidemia de dengue que milhares ficaram infectados naquele país.

Para ninguém duvidar da crueldade dos Estados Unidos só precisamos olhar para os acontecimentos da semana passada que viu pela primeira vez na história o seu presidente ordenar o assassinato de dois cidadãos americanos sem qualquer prova ou julgamento; apenas "provas secretas" o do governo dos EUA disse que tinha, mas não revelam nada, foi usado para justificar esses assassinatos patrocinados pelo Estado americano.

É interessante notar neste momento que outrora os Estados Unidos desceu tão fundo no abismo da tirania, mas abolida ensaios para os cidadãos condenados por crimes e que, de acordo com o New York Bar Association, estabelecem um sistema que viola em flagrante todas as leis internacionais e humanitárias.

Fonte: http://www.skynewsbrasil.xpg.com.br/

LinkWithin

´ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...