Informação

Neste Xat só serão promovidos a Membros aqueles que estiverem registados no Xat.com

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Vulcão Yellowstone

A erupção do vulcão Yellowstone não é um fato relacionado a 2012, mas é uma realidade. Mais cedo ou mais tarde vai acontecer.


Parece que o planeta está se revoltando em 2011, mas dessa vez agora é com o Supervulcão Yellowstone, que fica no parque Yellowstone nos EUA.
Especialistas estudam e monitoram esse supervulcão, um dos maiores do planeta, que tem sua caldeira com mais de 60km de diâmetro. Todos os anos, o solo em Yellowstone, tem uma elevação, um inchaço, devido ao Magma e pressão interna da caldeira, esse inchaço é de 5 a 7 cm por ano. (uma catástrofe anunciada a séculos).
O problema é que no dia 19/01 desse ano o Supervulcão deu uma respirada, inchou mesmo, uma grande área do parque se elevou em mais de 25cm de altura a uma velocidade surpeendente e vários lugares agora tem imensas rachaduras profundas que foram abertas , inclusive na caldeira, com perda de magma por kilômetros terra a dentro. Os cientistas disseram que é um caso extraordinário de pressão vulcânica jamais visto e que não sabem se estamos lidando com uma pré-erupção.
No caso de uma explosão de um supervulcão desses… seria algo equivalente a milhões de bombas nucleares, dizem os especialistas.

Consequencias da Erupção:
Se o vulcão Yellowstone entrasse em erupção, a erupção duraria cinco dias. Cerca de três meses após a erupção uma nuvem de poeira e cinzas vulcânica cobriria o Hemisfério Norte, fazendo as temperaturas baixarem para -30ºC. Ao mesmo tempo o Hemisfério Sul teria uma estação seca que duraria tempo indeterminado e temperaturas que chegariam a 50°C.
Imediatamente após a erupção um gás mortal e venenoso, chamado piroplastic que atingiria a temperatura de cerca de 900°C, se espalharia incinerando tudo em um raio de 1900km, devastando as regiões do Kansas, Nebraska, Livingstone, etc. Partículas do gás poderiam se espalhar ainda mais longe, matando várias pessoas por envenenamento ou asfixia.
O tremor de terra resultante da erupção atingiria grau 8.9 na Escala Richter, provocando uma onda subterrânea que iria se espalhar até o oceano, causando um enorme tsunami com ondas de 55 metros que iria devastar as áreas costeiras da Europa, América Central, América do Sul, e Ásia.

Fonte:http://vamospensar2012.blogspot.com/2011/01/alerta-vulcao-yellowstone-pode-estar.html

Existem vulcões - e há os supervulcões. Esta última categoria ainda não tem definição consensual - o termo foi popularizado por um documentário transmitido pela BBC em 2000 -, mas alguns cientistas o empregam para designar erupções excepcionalmente violentas e volumosas. O U.S. Geological Survey (USGS) usa o termo para se referir a qualquer erupção em que sejam lançados mais de 1 milhão de metros cúbicos de pedra-pomes e cinza no decorrer de um único evento - ou seja, 50 vezes a do vulcão Krakatoa em 1883, na qual morreram mais de 36 mil pessoas. Uma explosão vulcânica mata plantas e animais em um raio de quilômetros; já os supervulcões, quando entram em atividade, são capazes de provocar a extinção de espécies, pois modificam o clima em todo o planeta.

Fonte:http://viajeaqui.abril.com.br/national-geographic/edicao-113/vulcao-yellowstone-487278.shtml

fim do mundo, apocalipse, tempestade solar, o fim, nasa, 2012, cataclismo, destruição, et, nibiru, guerra, natureza, google, profecias maias, maias, mayas, calendário maia, calendário maya, mito, final dos tempos, 21/12/2012, data, iluminates, vida em outros planetas, onda de calor, civilização Maia, Atlântida, incas, o fim, isso é o fim, ovini, ufo, 433 eros, planeta x,

Comente no Facebook